Cuiabá - MT | Segunda-Feira, 27 de Setembro de 2021

Cristiano Ronaldo marca, mas United leva virada no fim e estreia com derrota

Cristiano Ronaldo marca, mas United leva virada no fim e estreia com derrota

Cristiano Ronaldo marcou, mas saiu de campo derrotado no retorno à Champions com o United (Foto: Getty Images)

A volta de Cristiano Ronaldo à Liga dos Campeões com a camisa do Manchester United teve gol seu, mas terminou de forma melancólica para o craque e seus companheiros. O camisa 7 abriu o placar logo aos 12 minutos, no dia em que se tornou o jogador com mais partidas na história do torneio. Só que foi substituído no segundo tempo, após expulsão de Wan-Bissaka ainda no primeiro. E viu sua equipe levar a virada no fim e perder por 2 a 1 para o modesto Young Boys, fora de casa, nesta terça-feira. Ngamaleu empatou aos 20 da etapa final, e Siebatcheu virou no último lance, aproveitando recuo errado de Lingard, justamente o escolhido para entrar no lugar de CR7.

MAU COMEÇO

Apesar de estar em um grupo menos badalado, o F, e ser cotado como um dos favoritos na Liga dos Campeões, o Manchester United começa mal a sua campanha. A derrota no fim deixa o time na lanterna da chave ao fim da primeira rodada, enquanto o Young Boys marca três pontos. Agora, os ingleses terão que se recuperar no dia 29 diante do Villarreal – para quem perderam a final da Liga Europa na temporada passsada. Os espanhóis empataram com a Atalanta em 1 a 1 na estreia.

RECORDE E GOL

O dia começou bem para Cristiano Ronaldo, que alcançou mais um recorde só por entrar em campo: ele se tornou o jogador com mais partidas pela Champions, igualando o goleiro espanhol Casillas, seu ex-companheiro de Real Madrid, com 181 jogos (quatro pelos playoffs) em 19 temporadas. Depois, o astro mostrou seu faro de gol e abriu o placar após lindo cruzamento de trivela de Bruno Fernandes, chegando a três em dois jogos na volta ao United. Mas foi substituído no segundo tempo por Lingard, quando seu time ficou com um a menos, e viu do banco de reservas seu time ser derrotado.

Astro marcou o gol do United ainda aos 12 minutos

Astro marcou o gol do United ainda aos 12 minutos (Foto: Getty Images)

Cristiano foi substituído aos 26 minutos e deu lugar a Lingard

Cristiano foi substituído aos 26 minutos e deu lugar a Lingard (Foto: Reuters)

O LANCE DECISIVO

Depois de Cristiano abrir o placar para o Manchester United, o jogo que já não parecia tão simples complicou muito para os ingleses por conta de uma falha grave de Wan-Bissaka. Aos 35 do primeiro tempo, o lateral chegou de forma dura em Martins Pereira e foi expulso com cartão vermelho direto. A partir de então, o técnico Solskjaer precisou fazer substituições para tentar dar mais segurança defensiva à sua equipe e teve escolhas polêmicas, como tirar CR7 e Bruno Fernandes de campo simultaneamente. Além de o adversário chegar ao empate, viu seu time sair derrotado após uma falha no último lance de Lingard – que substituiu Cristiano.

Wan Bissaka foi expulso no fim do primeiro tempo

Wan Bissaka foi expulso no fim do primeiro tempo (Foto: Getty Images)

SEM TEMER O GIGANTE

O Young Boys teve a dura missão de estrear na fase de grupos contra o time mais poderoso da chave, mas não mostrou medo. Apesar de sair atrás, lutou para empatar a partida e criou chances perigosas desde o começo. A equipe deu muito trabalho para a defesa do United e, depois de chegar a um merecido empate com Ngamaleu, foi premiada com três pontos e muita festa da torcida em Berna no último lance, quando Lingard entregou o segundo gol para Siebatcheu.

Siebatcheu marcou o gol decisivo para o Young Boys

Siebatcheu marcou o gol decisivo para o Young Boys (Foto: Reuters)

(Globo Esporte)