Cuiabá - MT | Quarta-Feira, 04 de Agosto de 2021

Já são 52 os contaminados por Covid no Brasil devido à Copa América; dois em Cuiabá

Já são 52 os contaminados por Covid no Brasil devido à Copa América; dois em Cuiabá

Delegação da Venezuela chegou ao Brasil na última quinta-feira — Foto: Twitter Venezuela

O Ministério da Saúde atualizou nesta terça-feira o número de pessoas relacionadas à realização da Copa América no Brasil contaminadas pelo coronavírus. Segundo a pasta, foram confirmados 11 novos casos desde segunda-feira. No total, são 52 os casos confirmados.

Cuiabá, que é uma das cidades sedes da Copa América e tem dois membros – um preparador físico e um fisioterapêuta – da delegação colombiana em quarentena em um hotel da capital, após constatação de Covid, antes do jogo contra o Equador, realizado na Arena Pantanal, no último domingo. No entanto, não foi registrado nenhum outro caso de Covid entre os demais envolvidos na organização ou na população por conta da Copa América.

“Foram realizados 3.045 testes de RT-PCR entre jogadores, membros das delegações e prestadores de serviços. Até o momento, 52 casos de Covid-19 foram confirmados, sendo 33 entre jogadores e membros das delegações e 19 prestadores de serviços contratados para o evento. Os casos de prestadores de serviços foram confirmados em Brasília (DF) e no Rio de Janeiro (RJ). A positividade de casos por Covid-19 foi de 1,70%”, explicou o Ministério da Saúde, por meio de nota oficial.

Ainda de acordo com a pasta, estão sendo realizados testes de sequenciamento genético para análise de variantes nos casos confirmados. Os resultados devem sair em até duas semanas.

A primeira seleção a sofrer um surto de Covid-19 na delegação foi a Venezuela. Adversário do Brasil na estreia, o time desembarcou em Brasília na noite da última quinta-feira e, nos primeiros testes realizados, foram confirmados 13 casos na delegação.

Com o surto na Venezuela, a Conmebol modificou o regulamento da Copa América e acabou com o limite de substituições nos convocados por causa da Covid-19: inicialmente, cada seleção só poderia substituir cinco jogadores da delegação por causa do vírus. Com a mudança, a Venezuela convocou 15 novos atletas para a competição.

Após a Venezuela, também foram reportados casos de Covid-19 nas delegações de Bolívia, Peru e Colômbia. (Com informações do GE)