Cuiabá - MT | Quinta-Feira, 17 de Junho de 2021

Copa América ‘convoca’ 17 jogadores de times brasileiros; veja raio-x das seleções

Copa América ‘convoca’ 17 jogadores de times brasileiros; veja raio-x das seleções

Gabigol é um dos cinco flamenguistas que disputarão a Copa América — Foto: Lucas Figueiredo / CBF

A Copa América deixou de ser exclusivamente sul-americana há muito tempo. Agora ela é global, pelo menos no que diz respeito aos clubes que fornecem os atletas para a competição. As 10 seleções são compostas por jogadores que atuam em 28 países diferentes, de três dos cinco continentes do planeta. Só não há representantes da Oceania e da África.

Do Brasil, são 17 convocados, que vêm de oito equipes. Entre eles, o Flamengo foi o time que mais cedeu atletas. Atlético-MG, Palmeiras, São Paulo, Corinthians, Cruzeiro, Grêmio e Internacional também tiveram de abrir mão de alguns de seus talentos temporariamente.

Times brasileiros

O Flamengo tem cinco representantes na Copa América. Dois deles estão na Seleção Brasileira: o atacante Gabigol e o meia Éverton Ribeiro. Os demais estão espalhados por outras seleções. O meia Arrascaeta (Uruguai), o lateral-direito Maurício Isla (Chile) e o volante Piris da Motta (Paraguai).

Depois do Fla, vem o Atlético-MG, com quatro convocados. Todos eles em rivais do Brasil: o atacante Jefferson Savarino (Venezuela), o zagueiro Júnior Alonso (Paraguai), o meia Alan Franco (Equador) e o atacante Eduardo Vargas (Chile).

O Palmeiras é o terceiro colocado na lista. Tem três representantes na Copa América. O lateral-esquerdo uruguaio Matias Viña, o zagueiro paraguaio Gustavo Goméz e o goleiro brasileiro Weverton.

Todas as outras equipes brasileiras têm apenas um jogador convocado: o Cruzeiro tem Marcelo Moreno (Bolívia), o São Paulo tem Arboleda (Equador), o Corinthians tem Otero (Venezuela), o Grêmio tem Pinares (Chile) e o Internacional tem Palácios (Chile).

Sete seleções contam com jogadores que atuam em solo nacional: Brasil, Equador, Venezuela, Chile, Bolívia, Paraguai e Uruguai. Já Argentina, Peru e Colômbia não têm “brasileiros”.

Mundo

Com seus 17 representantes, os times brasileiros não são os maiores fornecedores de jogadores para a competição sul-americana. O Brasil é apenas o sexto colocado nessa lista, empatado com a Argentina.

A origem mais comum dos 271 convocados é a Itália. São 28 jogadores que atuam na Velha Bota. Espanha, com 25, e México, 23, fecham o pódio.

A Argentina, de Lautaro Martínez, da Inter de Milão, conta com nove jogadores do futebol italiano — Foto: AFP

A Argentina, de Lautaro Martínez, da Inter de Milão, conta com nove jogadores do futebol italiano — Foto: AFP

O quarto lugar pertence à Bolívia. Menos internacional das seleções, La Verde tem 21 jogadores que atuação em times bolivianos e apenas sete “estrangeiros” – daí a posição alta no ranking.

Confira abaixo o ranking completo:

Onde jogam os convocados da Copa América

País Número de jogadores
Itália 28
Espanha 25
México 23
Bolívia 21
Inglaterra 19
Brasil 17
Argentina 17
Estados Unidos 15
Portugal 12
Peru 11
Chile 9
França 9
Paraguai 9
Equador 8
Alemanha 6
Colômbia 6
Arábia Saudita 5
Bélgica 5
Uruguai 5
Venezuela 5
Holanda 4
Turquia 4
Rússia 2
Grécia 2
Bulgária 1
Canadá 1
Escócia 1
Suíça 1
(Globo Esporte)