Cuiabá - MT | Domingo, 13 de Junho de 2021

Amigos de atleta que morreu de Covid-19 fazem vaquinha para ajudar mãe e filha da vítima

Amigos de atleta que morreu de Covid-19 fazem vaquinha para ajudar mãe e filha da vítima

Um grupo de amigos do atleta Madjer Okde, de 30 anos, que morreu de Covid nesse sábado (8), um mês após perder o pai, Antônio Marcos Nunes, em decorrência da mesma doença, criaram uma vaquinha virtual para ajudar a mãe, a irmã e a filha de Madjer, de 4 anos, em Cuiabá.

As três ficaram desemparadas financeiramente após a perda do atleta e do pai. Os dois eram os principais responsáveis pela renda da família.

A meta é arrecadar R$ 100 mil. O dinheiro deve ajudar a família durante o período de luto, até que consigam se restabelecer.

“A ideia da vaquinha é poder dar uma tranquilidade para elas até conseguirem se sustentar sozinhas e tocar a vida depois de tudo isso’.

O pai do atleta morreu no dia 7 de abril e, no dia 22 Madjer foi internado na enfermaria da Santa Casa de Cuiabá com 70% do pulmão comprometido.

Após piora no quadro de saúde, no dia 27 de abril, ele foi transferido para um leito na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde foi intubado.

Madjer era faixa preta em Jiu-jistu, marrom em Kickboxing além de realizar treinos de forças e aeróbicos em academias de Cuiabá. Ele também era voluntário e professor do Coletivo Cuiabá, projeto social voltado para assistência de crianças carentes em um bairro periférico da capital.

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte do jovem.