Cuiabá - MT | Sexta-Feira, 07 de Maio de 2021

Gilberto perde pênalti, e Bahia corre atrás de empate com o Independiente

Gilberto perde pênalti, e Bahia corre atrás de empate com o Independiente

Gilberto em Bahia x Independiente (Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação)

O Bahia viu, nesta terça-feira, o quanto podem custar erros individuais. Foram três que custaram dois pontos. O Tricolor empatou em 2 a 2 com o Independiente-ARG em Pituaçu, pela 3ª rodada da Sul-Americana, em uma partida que poderia ter terminado em 3 a 2. Os gols adversários nasceram de penalidades evitáveis de Luiz Otávio e Renan Guedes; Thaciano diminuiu e Luiz Otávio buscou a redenção, marcando o gol de empate. O terceiro gol poderia ter saído logo depois, se Gilberto não tivesse desperdiçado no fim em cobrança de pênalti.

Primeiro tempo

O Bahia começou melhor e assustou o adversário logo no primeiro minuto, com uma cabeçada de Conti, que parou na bela defesa de Sosa. Só que o Independiente foi se encontrando na partida, passou a fechar a marcação e dificultou a vida do Tricolor, que ainda perdeu Nino, machucado. Lucas Romero e Togni exigiram de Matheus Teixeira. Com o meio congestionado e sem escape pelas laterais, o time baiano dependeu de lampejos de Rodriguinho para criar; Gilberto, no entanto, não conseguiu botar para dentro. No fim, Herrera marcou após pênalti cometido por Luiz Otávio.

Segundo tempo

O Independiente ampliou logo aos cinco minutos do segundo tempo, depois que Renan Guedes cometeu um pênalti – outro lance infantil. Velasco converteu. Só que o Bahia contava, ainda, com os lampejos – aqueles! – de Rodriguinho. Foi justamente depois de uma “senhora” jogada do meia, que mandou na trave, que Thaciano diminuiu aos 11. A chuva apertou, o jogo ficou feio… E Luiz Otávio tornou a incendiar a partida. Positivamente, desta vez: aos 36, desviou de cabeça para o gol após cobrança de escanteio de Alesson. No minuto seguinte, a chance da virada! Maycon Douglas foi derrubado na área; Gilberto cobrou o pênalti, mas bateu mal e parou em defesa de Sosa.

Falha e redenção – ou quase

Gilberto não teve noite feliz em Pituaçu

Gilberto não teve noite feliz em Pituaçu (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Nesta noite, o zagueiro Luiz Otávio foi do inferno ao céu: cometeu o pênalti que originou o primeiro gol adversário, mas garantiu o empate do Tricolor. Já Gilberto não teve a mesma sorte. Depois de perder as principais chances no primeiro tempo, desperdiçou a penalidade que poderia ter assegurado a vitória, aos 40 do segundo tempo.

Caiu um “toró”

Chuva apertou em Bahia x Independiente

Chuva apertou em Bahia x Independiente (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Como se diz em Salvador, caiu um “toró” na cidade nesta noite. Se já não estava fácil para o Bahia, ficou ainda pior no segundo tempo, quando a chuva apertou. O campo se encheu de poças d’água e dificultou demais a troca de passes.

Como fica a tabela

Com o resultado, o Bahia mantém a segunda posição do Grupo B, com cinco pontos. O Independiente está na ponta, com dois pontos a mais. [veja aqui a classificação completa da Copa Sul-Americana]

Próximos jogos

O time profissional do Bahia volta a entrar em campo neste sábado, quando decide o título da Copa do Nordeste contra o Ceará. A partida, marcada para as 16h, será disputada no Casteão, em Fortaleza. Vale lembrar que o Tricolor perdeu o jogo de ida, em Pituaçu, por 1 a 0. (Globo Esporte)