Cuiabá - MT | Sexta-Feira, 07 de Maio de 2021

Athletico perde em Lima e vê Melgar abrir na ponta

Athletico perde em Lima e vê Melgar abrir na ponta

Athletico perde oportunidades e acaba sofrendo o gol no segundo tempo (Foto: José Tramontin/Athletico)

O Athletico perdeu para o Melgar na noite desta terça-feira, pela terceira rodada da fase de grupos na Sul-Americana. O Furacão não conseguiu evitar o gol no segundo tempo, em Lima, no Peru, que deu a vitória para o time da casa. O Furacão teve muita dificuldade no primeiro tempo de finalizar. Tinha mais posse de bola, mas nada fazia para chutar na direção do gol.

Apesar do comportamento pouco ativo, o Furacão achou que poderia resolver a partida no segundo tempo e acordou aos quatro minutos com o gol de Bordacahar. Quer dizer. Seguiu sonolento em campo, com erros e somente passou a chegar mais perto da área peruana com as mudanças e após os 30 minutos, mas o caminho do gol estava obstruído pela defesa peruana e os erros atleticanos.

Como fica?

Com o resultado, o Melgar se isola na primeira colocação do grupo com nove pontos. O Athletico fica na segunda colcocação, com seis pontos. O Metropolitanos é o terceiro, com três pontos e o Aucas é o lanterna e sem pontuar.

Posse, mas nada de chute

O Athletico começou bem organizado em campo e parecendo que iria dominar a partida, mas começou a ter dificuldades em finalizar. O tempo deu mais coragem ao Melgar, e o time peruano passou a aparecer pelos lados, principalmente pela direita. Mas, no fim das contas, ninguém chegou a assustar os goleiros. O Furacão teve mais de 75% da posse de bola, mas não finalizou nenhuma vez. O fim do jogo foi de controle do time, os chutes apareceram, mas nenhum no alvo. O Melgar, com 23% de posse, ao menos, chutou uma vez.

Bobeou, o cachimbo caiu

O Athletico entrou no segundo tepo com preguiça do jogo e deu espaço para o Melgar. Logo aos quatro minutos, Bordacahar recebeu na área e mandou de cabeça para o gol. A tentativa de acordar o Furacão veio com a mudança de Cittadini por Jadson no meio. O time até chutou, mas ainda não dava a resposta para mudar o placar. O time seguiu criando pouco, sendo assustado pelo Melgar e a última cartada foi colocar Matheus Babi aos 33 minutos.

Próximos jogos

Pela Sul-Americana, o Athletico volta a jogar na próxima terça-feira contra o Metropolitanos, na Venezuela. Antes, o Furacão terá o clássico Atletiba nesta quinta-feira, pelo Paranaense. O jogo é na Arena da Baixada. (Globo Esporte)