Expediente | Quem Somos         
   Terca-Feira, 26 de Janeiro de 2021   

CUIABANO NEWS
Home Política Economia & Agro Cotidiano & Polícia Esportes Variedades Opinião & Artigos Vida & Estilo MT
Inserido em: 13/01/2021  22:15:30


Cruzeiro joga mal e perde para o lanterna Oeste no Independência



cruzeiro.jpeg

Outra noite de futebol pouco inspirado do Cruzeiro. Desta vez, contra o lanterna da Série B-(Foto: Divulgação/Cruzeiro)

O Cruzeiro teve outra noite de futebol melancólico ao ser derrotado pelo Oeste por 1 a 0, gol de Fábio, neste nesta quarta-feira, 13 de janeiro, no Independência, pela 34ª rodada Série B.

Sem inspiração, a Raposa conseguiu fazer apenas um ponto nos duelos contra o lanterna do campeonato que venceu apenas seis jogos em 34 disputados.

A derrota encerra de vez qualquer chance matemática de acesso do time mineiro. Com 44 pontos, ainda precisa de três pontos para afastar de vez o risco de queda. Já o time paulista, chegou aos 26 pontos e mantém as chances remotas de ficar na segunda divisão. A equipe celeste caiu para a 13ª posição e o Oeste segue na última posição.

Com um time desfalcado, com as ausências de Giovanni e Pottker, suspensos, o Cruzeiro tinha a posse de bola mais tempo, mas não conseguia entrar na defesa do Oeste, E, mesmo sendo um rival mais frágil, o time paulista soube se aproveitar de mais um vacilo na defesa cruzeirense e abriu o placar no Horto, com Fábio, em bela cabeçada em superando Manoel e o goleiro da Raposa.

Airton sem ação, Marcelo Moreno ausente do jogo

O atacante Airton teve uma boa sequência no Cruzeiro. Fez gols seguidos e era uma válvula de escape para o time pelos lados. Porém, caiu muito de produção e contra o Oeste, não produziu nada de relevante.

Já Marcelo Moreno é a maior decepção da temporada pela expectativa que gerou no torcedor. Mas, a realidade é que ele conseguia fazer gols somente em times organizados. Se depender do seu jogo para elevar o nível do time, o time mineirão não obteria grandes resultados.

Melhorou, mas não o suficiente

Felipão tentou colocar o time para frente no segundo tempo. A equipe apareceu mais no ataque, porém faltava um “capricho” extra na hora de finalizar. O problema criativo da equipe, crônico durante a Série B, era evidente contra o pior time da competição.

O Cruzeiro não merecia a Série A

Tudo que aconteceu com o Cruzeiro na Série B tem a ver com a bagunça que o clube vive desde 2019. Porém, o conserto da rota parece que vai demorar muito mais do que se esperava. E o acesso à Série A não era algo merecido pelo time azul. Dentro de campo não soube construir uma equipe coesa, além de um sem número de equívocos na hora de ter jogadores e treinadores capazes de conduzir uma campanha digna na segunda divisão nacional. Há muito a ser feito ainda.

Próximos jogos

O Cruzeiro volta a campo no sábado, 16 de janeiro, às 19h, no Estádio Alfredo Jaconi, diante do Juventude. O Oeste joga contra o Confiança-SE no mesmo dia, só que às 21h.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

CRUZEIRO 0 X 1 OESTE

CRUZEIRO (Técnico: Luiz Felipe Scolari)

Fábio; Raúl Cáceres, Ramon, Manoel e Matheus Pereira(Patrick Brey, aos 42′-2ºT); Adriano, Filipe Machado(Thiago, aos 32′-2ºT) e Ramon; Airton(Stênio-intervalo), Welinton, Marcelo Moreno(Claudinho-intervalo) e Rafael Sobis (Sassá, aos 42′-2ºT).

OESTE (Técnico: Roberto Cavalo)

Caíque França, Raj Ramos, Vitão, Maurício Barbosa e Rael(Bruno Lopes, aos 14′-2ºT); Yuri(Bruno Miguel, aos 28′–2ºT), Caio, Diogo(Betinho, aos 14′-2ºT),Pedrinho, Fábio(Kalil, aos 25′-2ºT) e Léo Ceará (Matheus Índio, aos 27′-2ºT). (Terra)

+A -A
izmir escort izmir escort izmir escort izmir escort denizli escort antalya escort antalya escort antalya escort antalya escort ankara escort izmir escort izmir escort
scroll to top