Expediente | Quem Somos         
   Domingo, 27 de Setembro de 2020   

CUIABANO NEWS
Home Política Economia & Agro Cotidiano & Polícia Esportes Variedades Opinião & Artigos Vida & Estilo MT
Inserido em: 16/09/2020  16:20:39


Veja recordistas, debutantes, campeões e acessos da Série D; MT terá 3 times este ano



União-x-Atlético-GO-12.jpeg

O União será um dos representantes de Mato Grosso na Série D

A fase de grupos da Série D 2020 começa neste sábado. É a famosa quarta divisão, onde muitos times brigam para estar, mas todos querem fugir o mais rápido possível. Indo para a 12ª edição, o campeonato reúne times de todos os cantos do país, alguns que passaram por ela nem existem mais. São tantas equipes que é difícil até lembrar de quem já deu o ar da graça no torneio. Mato Grosso participará do torneio com três times: Operário Várzea-Grandense, União de Rondonópolis e Sinop. A estreia das equipes será neste final de semana (veja sobre isso mais abaixo).

O ge preparou listas de memórias sobre a competição. Lembra todos os campeões? E as equipes que conquistaram os acessos? Confere abaixo!

Recordistas

Central vai disputar a Série D pela 10ª vez — Foto: Elziney Santos

Central vai disputar a Série D pela 10ª vez — Foto: Elziney Santos

O incômodo título de recordista em participações está com um time pernambucano. O Central, da cidade de Caruaru, vai para a 10ª tentativa de acesso. A equipe só ficou de fora em 2011 e 2012. Tradicional no futebol nordestino e com mais de 100 anos de fundação, a Patativa já disputou duas vezes a Série A, em 1979 e 1986. Outro tabu persegue o alvinegro: o clube nunca passou de um mata-mata na quarta divisão.

A melhor colocação foi justamente na estreia, em 2009. A equipe passou em primeiro na fase de grupos, ficando à frente de Sergipe, CSA e Santa Cruz. Mas, foi eliminada na segunda fase pelo Alecrim e ficou com a 12ª colocação geral.

Debutantes em 2020

Caçula

O Vilhenense-RO é o clube mais jovem a disputar a Série D este ano. O clube foi fundado em 10 de outubro de 2017 e ainda vai completar três anos. O Leão de Vilhena está no Grupo 1 da competição. Confira outros novatos abaixo.

Vilhenense vai disputar a Série D pela primeira vez — Foto: ASCOM Vilhenense

Vilhenense vai disputar a Série D pela primeira vez — Foto: ASCOM Vilhenense

Tupynambás-MG
Real Noroeste-ES
Juventude-MA
Jaciobá-AL
Freipaulistano-SE
FC Cascável-PR
Afogados-PE
Toledo-PR
São Luiz-RS
Nacional-PR
Atlético Cajazeirense-PB
Ji- Paraná – RO
Goiânia-GO
ABC-RN

Campeões e acessos

2009

Na primeira edição da Série D, o campeão foi o São Raimundo-PA. Junto com ele subiram para a Série C Macaé-RJ, Chapecoense-SC e Alecrim-RN. Inicialmente, o planejamento era a competição contar com 40 equipes, porém nenhum time do Acre se habilitou para disputa. Os 39 clubes foram divididos em nove grupos de quatro clubes e um grupo de três.

2009

Campeão São Raimundo-PA
Vice Macaé-RJ
Terceiro Chapecoense
Quarto Alecrim
São Raimundo conquistou a Série D do Brasileiro de 2009  — Foto: (Foto: Marcelo Seabra/O Liberal)

São Raimundo conquistou a Série D do Brasileiro de 2009 — Foto: (Foto: Marcelo Seabra/O Liberal)

2010

A segunda edição teve como campeão o Guarany de Sobral-CE e o Madureira-RJ como vice. Com eles subiram Araguaína-TO e Joinville-SC, que conseguiu o acesso no tribunal após o América-AM escalar um jogador irregular. Essa foi a primeira edição com 40 equipes: 36 classificados pelos torneios de suas federações e quatro que foram rebaixados da Série C.

2010

Campeão Guarany de Sobral
Vice Madureira
Terceiro Araguaína
Quarto Joinville

2011

Já em 2011, a Série D contou com o título do Tupi-MG e os acessos de Santa Cruz-PE, Cuiabá-MT e Oeste-SP. Essa edição também conta com o recorde de público. No jogo entre Santa Cruz e Treze-PB, pelas quartas de finais, 59.966 torcedores acompanharam a partida do acesso do Tricolor no Arruda. O Treze subiu após decisão do STF e a Série C do ano seguinte teve 21 equipes.

2011

Campeão Tupi-MG
Vice Santa Cruz
Terceiro Cuiabá
Quarto Oeste
Quinto Treze
Tupi-MG foi o campeão da Série D 2011 — Foto: Antônio Carneiro

Tupi-MG foi o campeão da Série D 2011 — Foto: Antônio Carneiro

O Cuiabá garantiu seu acesso à Série C ao ficar com o terceiro lugar em 2011. Na foto, time posado para o primeiro jogo contra o Santa Cruz, na semifinal.

2012

A edição começou atrasada por conta de uma decisão do STJD. A competição foi suspensa três dias antes do início por causa da indefinição se o Treze jogaria a Série D ou a Série C. Na final, se encontraram Sampaio Corrêa-MA (campeão) e CRAC-GO. Junto com eles subiram Mogi Mirim-SP e Baraúnas-RN. Foi a primeira vez que a CBF custeou as despesas de todos os clubes.

2012

Campeão Sampaio Corrêa
Vice Crac
Terceiro Mogi Mirim
Quarto Baraúnas

2013

Mais uma vez houve indecisão antes do início do campeonato. O planejamento era que a Série D tivesse 32 clubes, sendo um time de cada uma das 27 federações, o quinto colocado da edição do ano anterior e os quatro rebaixados da Série C 2012. Porém, a CBF voltou atrás, já que as federações teriam feito os campeonatos para a escolha dos participantes. Nesta edição, o campeão foi o Botafogo-PB. Juventude-RS, Salgueiro-PE e Tupi-MG também conquistaram o acesso.

2013

Campeão Botafogo-PB
Vice Juventude
Terceiro Tupi
Quarto Salgueiro
Botafogo-PB foi o campeão brasileiro  — Foto: Kleide Teixeira / Jornal da Paraíba

Botafogo-PB foi o campeão brasileiro — Foto: Kleide Teixeira / Jornal da Paraíba

2014

A Série C 2013 teve um clube e também um rebaixado a mais. Por isso, a Série D do ano seguinte foi disputada por 41 clubes. Cinco desses clubes foram os rebaixados da Série C e os outros foram definidos pelas competições estaduais. O Tombense-MG foi campeão e Brasil de Pelotas-RS, Londrina-PR e Confiança-SE também subiram.

2014

Campeão Tombense
Vice Brasil-RS
Terceiro Londrina
Quarto Confiança

2015

Agora novamente com 40 equipes, a sétima edição contou com uma média de gols de 2,25 por partida e uma média de público de 2.600 torcedores. Subiram o campeão Botafogo-SP, o vice River-PI, o Remo-PA, que terminou em terceiro, e o Ypiranga-RS.

2015

Campeão Botafogo-SP
Vice River-PI
Terceiro Remo
Quarto Ypiranga-RS
Botafogo-SP campeão da Série D 2015 — Foto: Emanuele Madeira

Botafogo-SP campeão da Série D 2015 — Foto: Emanuele Madeira

2016

Essa foi a primeira edição com 68 equipes, além dos quatros rebaixados da Série C, as outras vagas foram distribuídas pelo Ranking Nacional das Federações (do segundo ao nono) e os outros 18 estados ficaram com duas vagas cada. O campeão de forma invicta foi o Volta Redonda-RJ, em segundo o CSA-AL, e ainda subindo com eles São Bento-SP e Moto Club-MA.

2016

Campeão Volta Redonda
Vice CSA
Terceiro São Bento
Quarto Moto Club

2017

O clube mais novo a conquistar o acesso até o momento saiu em 2017: o Globo-RN, que quando conseguiu tinha apenas quatro anos de fundação. A equipe foi vice-campeã, perdendo a final para o Operário-PR. Atlético-AC e Juazeirense-BA também ascenderam. Essa foi a primeira edição que nenhum clube do sudeste conseguiu subir de divisão.

2017

Campeão Operário-PR
Vice Globo-RN
Terceiro Atlético-AC
Quarto Juazeirense
Operário-PR conquistou a Série D — Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo

Operário-PR conquistou a Série D — Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo

2018

O campeão foi o Ferroviário-CE e o Treze-PB ficou com o vice-campeonato, sendo a segunda equipe a conseguir dois acessos. Junto com eles subiram São José-RS e Imperatriz-MA. Essa foi a primeira e única edição que subiram três equipes do Nordeste.

2018

Campeão Ferroviário-CE
Vice Treze
Terceiro São José
Quarto Imperatriz

2019

Na última edição, o América-RN teve o melhor ataque e a melhor defesa da primeira fase, mas não conseguiu o acesso. O Brusque-SC levou o título após vencer o Manaus-AM nos pênaltis. Essa foi a segunda final disputada nas penalidades, a primeira foi em 2014, entre Tombense e Brasil de Pelotas. Junto com eles também subiram Ituano-SP e a Jacuipense-BA.

2019

Campeão Brusque-SC
Vice Manaus
Terceiro Ituano
Quarto Jacuipense
Brusque campeão Série D 2019 — Foto: Thais Magalhães/CBF

Brusque campeão Série D 2019 — Foto: Thais Magalhães/CBF

Série D 2020

Os três representantes de Mato Grosso conheceram no último final de semana os adversários de seus respectivos grupos no Campeonato Brasileiro da Série D 2020. Operário e União terão o Real Noroeste-ES entrando em sua chave, enquanto o Sinop terá a companhia do Baré-RR no Grupo A2.

Na fase preliminar, o Real Noroeste do Espírito Santo, eliminou a Aquidauanense-MS por 6 a 2 no placar agregado e entrou no Grupo A5. Já o Baré de Roraima, passou pelou Ypiranga-AP após acumular 4 a 0 na soma dos placares. Com isso, as composições dos grupos dos mato-grossense ficaram da seguinte maneira:

Grupo A2:
Sinop-MT
Santos-AP
Moto Club-MA
Juventude-MA
River-PI
Altos-PI
Baré-RR
São Raimundo-RR

Grupo A5
Operário-MT
União-MT
Águia Negra-MS
Goianésia-GO
Vitória-ES
Aparecidense-GO
Real Noroeste-ES
Goiânia-GO

A estreia da fase de grupos da competição terá início no próximo final de semana. O Operário Várzea-grandense sai para seu primeiro compromisso, neste sábado (19), às 15 horas (horário de MT) em jogo que vai movimentar o estádio da Serrinha, em Goiânia. Um pouco mais tarde, às 16 horas do mesmo dia, o União faz a sua estreia na competição, diante do Águia Negra (MS), no estádio Luthero Lopes.

O último mato-grossense a estrear na Série D, será o Sinop. O Galo do Norte começa sua caminhada diante do Ríver, do Piauí em jogo marcado para as 17 horas (hora de MT) do domingo, no estádio Gigante do Norte.

Confira tabela com os times de MT na Série D

JOGOS DA PRIMEIRA RODADA

Com informações do ge
+A -A
izmir escort izmir escort izmir escort izmir escort denizli escort antalya escort antalya escort antalya escort antalya escort ankara escort izmir escort izmir escort
scroll to top