Cuiabá - MT | Terca-Feira, 11 de Maio de 2021

Deputados se unem pela instalação de UTIs em Pontes e Lacerda

Deputados se unem pela instalação de UTIs em Pontes e Lacerda


.

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

 

Mais de 70% dos municípios da região oeste já foram afetados pela pandemia do coronavírus (Covid-19), dos quais Pontes e Lacerda é neste momento o mais atingido com 76 casos confirmados e 05 óbitos. O total de casos registrados chega a 245 em 22 cidades e 15 óbitos, concentrando mais de 10% das mortes em Mato Grosso.

Por causa da evolução rápida da doença em Pontes e Lacerda, que no início de maio tinha apenas um caso registrado, mas que entre o final de maio e junho teve um aumento em mais de 150% nos registros, os deputados estaduais Dr. Gimenez (PV) e Valmir Moretto (PRB) se uniram para reivindicar do Governo a instalação urgente de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na cidade. 

“Ele é o maior município do Vale do Guaporé e o segundo maior da região oeste, com mais de 50 mil habitantes, sendo cidade-polo de outras 10 que somam aproximadamente de 120 mil habitantes. Conforme recomendações da OMS e do Ministério da Saúde, a relação ideal de UTI é de 1 a 3 leitos para cada 10 mil habitantes, ou seja, na nossa região estamos muito atrás do ideal”, explica Dr. Gimenez.

A indicação conjunta dos deputados foi apresentada na sessão parlamentar desta quarta-feira (10), buscando sensibilizar o governador Mauro Mendes sobre a viabilização do custeio dos 10 leitos de UTI em conjunto com o governo federal, já que toda a estrutura necessária será feita pelo Prefeitura Municipal com apoio do Consórcio de Saúde Vale do Guaporé.

“A população anseia e merece pela interiorização da saúde de média e alta complexidade. Além de existir demanda suficiente de pacientes, o investimento vai desafogar Cáceres, que é a única referência, mesmo estando muito distante de alguns municípios como Comodoro e Campos de Júlio. Neste momento de pandemia, essa necessidade ficou mais evidente”, afirma Valmir Moretto. 

Os parlamentares reforçam que a cidade é uma potência econômica na região, com comércio diversificado, um dos maiores rebanhos bovinos estaduais, com mais de 600 mil cabeças de gado, dois frigoríficos em atividade, laticínio, mineradora, e a lavoura de soja em plena expansão. No entanto, não há a mesma contrapartida na oferta de serviços públicos pelo governo. 

Números da pandemia – Pontes e Lacerda (76), Cáceres (50), Vila Bela da Santíssima Trindade (20), Mirassol D’Oeste (19), São José dos Quatro Marcos (16), Campos de Júlio (14), Porto Espiridião (11), Araputanga (09), Conquista d’Oeste (07), Nova Lacerda (07), Lambari D’Oeste (05), Curvelândia (04), Rio Branco (03), Jauru (02) e Vale de São Domingos (02).

 

Fonte: ALMT