Cuiabá - MT | Terca-Feira, 11 de Maio de 2021

Na primeira noite do Toque de Recolher em Cuiabá, operação fecha festa e flagra mais de 50

Na primeira noite do Toque de Recolher em Cuiabá, operação fecha festa e flagra mais de 50

Começou a vigorar, na noite deste sábado (13), o Toque de Recolher imposto pela Prefeitura de Cuiabá para conter a pandemia do novo coronavírus na capital. E já na primeira noite de fiscalização, uma operação coordenada pela Prefeitura, com apoio da PM, botou fim a uma festa privada e abordou mais de 50 pessoas que estavam em bares e restaurantes. Estimativa da Prefeitura que será divulgada ainda neste domingo, deve apontar um número bem maior de pessoas que foram flagradas.

A festa, com dezenas de pessoas que foram flagradas pela operação, ocorria no bairro Parque Geórgia. Qualificada como ‘clandestino’ pela operação, a festa foi imediatamente fechada e o proprietário do local multado em R$ 609,00. No ato, um militar fez a autuação baseado no artigo 1.268. As pessoas presentes no evento foram dispensadas e tiveram que retornar para casa. Alguns curiosos acompanharam à distância o fato. Em alguns vídeos que circularam nas redes sociais, é possível ver como foi o trabalho dos militares e das equipes do município.

Ao fazer um pré-balanço do que foi a primeira noite da operação em Cuiabá, o secretário Municipal da Ordem Pública, coronel Leovaldo Sales disse que o resultado foi positivo. Segundo ele, pelo menos 50 pessoas foram abordadas e orientadas a voltar para casa imediatamente. A primeira noite foi mais educativa e não houve prisões. “As ações ocorreram em estabelecimentos comerciais e identificamos a presença de clientes. Não houve um enquadramento severo e as pessoas acataram as orientações, retornando para casa imediatamente”, disse o secretário.

Também não houve nenhum incidente durante a ação conjunta da equipe de fiscalização da Prefeitura e da Polícia Militar. Ao todo, 22 equipes trabalharam, na região central, bairros Pedra 90, Popular, Jardim Imperial e Morada da Serra. O secretário negou os rumores de suposto abuso de poder e descreveu sua equipe como um corpo de fiscalização altamente profissional.

No entanto, o secretário fez uma alerta: “Aqueles encontrados descumprindo a medida recebem orientação e havendo a explícita resistência poderá ser feita a condução à delegacia. A partir das 22h30 estão suspensas todas as atividades comerciais e os eventos sociais. O descumprimento pode gerar uma pena que varia de multa de R$ 609 até a suspensão do funcionamento do estabelecimento”.

Veja vídeo da operação em Cuiabá:

Conforme o decreto instaurado pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, o Toque de Recolher vai vigorar no período de 13 a 28 deste mês. Durante esse período, está proibida a circulação de pessoas na cidade entre as 22h30 e 5 horas, salvo para utilização de serviços médicos, deslocamentos para rodoviária ou aeroporto e outros serviços considerados muito indispensáveis.

Os infratores estarão sujeitos a multa no valor de R$ 609,00 (inclusive pessoa física) e até a prisão, se houver resistência às ordens. A medida visa barrar a alta circulação de pessoas no período noturno e conter a proliferação acelerada da Covid-19.

Estiveram envolvidos nos trabalhos, agentes da secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), da secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável, além da PM.

Barreiras foram feitas em alguns bairros da Capital que registram maior incidência de descumprimento às medidas estabelecidas pelo Município e nas localidades que têm maior registros de casos do novo coronavírus.