Cuiabá - MT | Sábado, 08 de Maio de 2021

Comitê decide reforçar isolamento e suspende serviços não essenciais

Comitê decide reforçar isolamento e suspende serviços não essenciais


.
O aumento expressivo do número de casos de contaminação pelo novo coronavírus e a elevada taxa de ocupação dos leitos de UTI no Estado de Mato Grosso levaram o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 de Chapada dos Guimarães a suspender o  funcionamento de serviços não essenciais a partir desta segunda-feira (15). A exemplo do que vem ocorrendo em vários outros municípios, a medida atende à orientação dos órgãos da saúde e busca garantir o isolamento social, evitando a circulação de pessoas.

O promotor de Justiça Leandro Volochko, representante do Ministério Público do Estado de Mato Grosso no referido Comitê, explicou que a decisão foi baseada em critérios técnicos relativos à saúde. Além do aumento expressivo do número de casos, o promotor de Justiça destaca que o Lacen, laboratório que realiza os exames de Covid aumentou o tempo de espera para a entrega de resultados a Chapada dos Guimarães de 72 horas para 10 a 15 dias. “Isso significa que ficaríamos no escuro sem saber quais casos estariam confirmados no período muito grande e, portanto, o comitê acabou tomando essa decisão”, observou.

O promotor de Justiça pede a colaboração, paciência e compreensão de todos. “Sabemos dos efeitos que isso trará, mas o objetivo é proteger o povo chapadense e fazer com que todos possam passar mais rápido possível por esta situação”.

Neste sábado o Comitê volta a se reunir virtualmente para deliberar sobre quais serviços essenciais poderão funcionar. Nos próximos 15 dias uma nova reunião será realizada para reavaliar a situação.

Fonte: