Cuiabá - MT | Sexta-Feira, 22 de Outubro de 2021

Relembre o cenário de cada estadual no momento em que o futebol brasileiro foi paralisado

Relembre o cenário de cada estadual no momento em que o futebol brasileiro foi paralisado

Foto: Lucas Merçon

O futebol brasileiro foi paralisado de uma vez há mais de duas semanas, em virtude da pandemia do coronavírus. Mas para os amantes do futebol parece que faz mais tempo. Você lembra em que pé estavam os estaduais antes de as competições pararem de vez? E o seu time, estava bem ou mal no torneio estadual?

GloboEsporte.com traz um levantamento dos cenários dos estaduais por todo o país. Em alguns casos teve até time que levantou a taça, como o Flamengo, que foi campeão da Taça Guanabara. Já teve surpresa, com o Caxias vencendo o Grêmio no primeiro turno do Gauchão. E até time tradicional em sua região rebaixado, caso do Mixto em Mato Grosso.

Caxias faturou o primeiro turno do Campeonato Gaúcho — Foto: SER Caxias/Divulgação

Caxias faturou o primeiro turno do Campeonato Gaúcho — Foto: SER Caxias/Divulgação

Tem até caso de competição que não vai mais voltar a ser disputada, como no Amazonas. A confiança dos dirigentes, no entanto, na maior parte dos estados brasileiros, é que as competições vão sim ser retomadas. Confira onde parou cada estadual do pais.

Acre

No estado mais distante do território nacional à oeste, o estadual já teve até um campeão. Mas calma, foi apenas do primeiro turno. O Galvez foi o líder do Grupo B no Campeonato Acreano com três vitórias em três jogos e avançou para a semifinal. No mata-mata, em jogo único, empatou com o Plácido de Castro por 1 a 1, mas bateu o adversário nos pênaltis.

O Galvez goleou o Atlético-AC na final do primeiro turno — Foto: Manoel Façanha/Arquivo Pessoal

O Galvez goleou o Atlético-AC na final do primeiro turno — Foto: Manoel Façanha/Arquivo Pessoal

Na final encarou o Atlético-AC e venceu a decisão por 4 a 0. O segundo turno acabou nem começando. Por conta da pandemia da Covid-19, o Campeonato Acreano foi paralisado e não tem data para retornar. Se retornar, o campeão do segundo turno decide o título com o Galvez, que levou o primeiro. Caso o Galvez vença, já se sagra campeão estadual. O pior time na somatória de pontos dos dois turnos cai de divisão. No momento, o São Francisco-AC, que não pontuou ainda é o lanterna geral.

Alagoas

Em Alagoas, o estadual estava ainda na primeira fase e foi paralisado com apenas um dos quatro jogos da 6ª rodada disputado. Até aqui, o melhor time é do interior do estado. O Murici tem 12 pontos, com uma campanha de três vitórias e três empates, em seis jogos disputados. Apenas o Hulk e o CSE já jogaram seis vezes.

O Murici lidera em Alagoas — Foto: Jailson Colácio/Ascom Murici FC

O Murici lidera em Alagoas — Foto: Jailson Colácio/Ascom Murici FC

O torneio também não tem data para retornar. Os quatro melhores da primeira fase, disputada em partidas apenas de ida por oito clubes, avançam para as semifinais, em jogos de ida e volta. A decisão do campeonato também será em ida e volta. No momento, CRB e CSA (10 pontos e um jogo a menos), além do CSE, fecham o G-4. O Jacyobá amarga a lanterna e, a preço de hoje, seria o rebaixado.

Amapá

No estado mais ao norte do país, o estadual ainda tava engatinhando. O Campeonato Amapaense estava apenas na sua segunda rodada, onde apenas um jogo dela foi disputado. Por isso, a liderança do torneio estava na mão do Santos-AP, que soma seis pontos no torneio em dois jogos.

Dos seis clubes que disputam o torneio, quatro avançam para o mata-mata. Os vencedores da semifinal decidem o título amapaense. No momento, a zona de classificação tem, além do Santos-AP, o Ypiranga-AP, o São Paulo-AP e o Trem-AP. O torneio é um dos dois únicos de primeira divisão estadual que não prevê rebaixamento. A competição foi paralisada por tempo indeterminado.

O Santos-AP liderava o Campeonato Amapaense depois de duas vitórias nas duas primeiras rodadas — Foto: Rosivaldo Nascimento/Arquivo Pessoal

O Santos-AP liderava o Campeonato Amapaense depois de duas vitórias nas duas primeiras rodadas — Foto: Rosivaldo Nascimento/Arquivo Pessoal

Amazonas

Campeonato Amazonense é um dos poucos que já têm uma situação resolvida. A Federação Amazonense e os clubes definiram que a competição não vai ser retomada, mesmo com a competição tendo passado da metade.

O debate agora é se o torneio vai ser cancelado, considerado como inexistente na história, ou se vai ser encerrado da maneira que está, com campeão, vice, e definições de vagas em torneios nacionais através da competição.
Manaus e Amazonas querem ser considerados campeões do torneio — Foto: Rômulo Almeida

Manaus e Amazonas querem ser considerados campeões do torneio — Foto: Rômulo Almeida

O torneio tem até um campeão de primeiro turno já. O Manaus levou a taça e aguardaria o campeão do segundo turno para decidir o título estadual. No segundo turno, o Penarol-AM liderava o torneio. O time que mais pontuou, no entanto, foi o Amazonas, que somou até aqui 27 pontos e é o líder geral. Amazonas e Manaus reivindicam o título da edição deste ano. Em acordo, clubes e federação definiram ainda que nenhuma equipe vai ser rebaixada.

Bahia

Na Bahia, o Campeonato Baiano foi interrompido antes de ser inciada a oitava rodada. De modo que os 10 clubes já jogaram sete vezes. O líder da primeira fase é o Bahia, com 15 pontos. Quatro clubes avançam ao mata-mata. Fecham a zona de classificação Jacuipense, Bahia de Feira e Vitória. Os melhores das semifinais decidem a taça. Na lanterna, o Jacobina é o único time na zona de rebaixamento.

Bahia está na ponta no Campeonato Baiano — Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia

Bahia está na ponta no Campeonato Baiano — Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia

Ceará

Campeonato Cearense foi paralisado na sexta rodada da segunda fase, com apenas um jogo da rodada disputado. A primeira fase não teve a presença de Ceará e Fortaleza, e serviu para classificar seis equipes para a segunda e rebaixar dois times. Avançaram Guarany de Sobral, Pacajus, Caucaia, Barbalha, Ferroviário e Atlético-CE. Caíram de divisão Floresta e Horizonte.

Na segunda fase quem lidera é o Ferroviário, com 13 pontos, à frente da dupla Leão e Vozão. Se contarmos as duas fases – com seis equipes tendo disputados mais jogos do que Fortaleza e Ceará – as equipes que mais pontuaram foram Ferroviário e Guarany de Sobral, com 25 pontos cada. O time de Sobral, no entanto, tem um saldo de gols melhor.

Ferroviário lidera a segunda fase da competição, quando entrou Fortaleza e Ceará — Foto: Thiago Gadelha / SVM

Ferroviário lidera a segunda fase da competição, quando entrou Fortaleza e Ceará — Foto: Thiago Gadelha / SVM

Voltando à segunda fase, as quatro melhores equipes passam para o mata-mata. No momento, figuram na zona e classificação Ferroviário, Fortaleza, Ceará e Guarany de Sobral. Os times que passarem das semifinais decidem o título. No Ceará, Federação e clubes resistiram ao máximo paralisar o torneio, mas no fim das contas cederam. O torneio não tem previsão de retorno.

Distrito Federal

O debate na capital do país não se resume à política. O futebol também está envolto pela pandemia, e o Campeonato Brasiliense também está sendo afetado. O torneio estava quase finalizando a sua primeira fase quando teve que ser paralisado por tempo indeterminado. Faltava apenas um jogo ser realizado, entre Gama e Real Brasília.

Com um jogo a menos, o Gama estava empatado na liderança do campeonato com o Brasiliense. Ambos já classificados — Foto: Júlio César Silva / Divulgação

Com um jogo a menos, o Gama estava empatado na liderança do campeonato com o Brasiliense. Ambos já classificados — Foto: Júlio César Silva / Divulgação

O Periquito lidera o torneio com os mesmos 28 pontos do Brasiliense, mas está na ponta por conta do saldo de gols. Todos os classificados para o mata-mata já estão definidos, restando apenas a definição de quais serão os confrontos das quartas de finais. Passaram de fase – além de Gama e Brasiliense -, Real Brasília, Formosa, Taguatinga, Capital, Luziânia e Sobradinho. Na lanterna, com a 12ª posição, o Paranoá foi rebaixado. Quem também caiu de divisão foi o Ceilandense. O torneio ainda não tem previsão de retorno.

Espírito Santo

Também paralisado por tempo indeterminado, o Campeonato Capixaba já estava chegando no mata-mata. Com a primeira fase encerrada, as equipes se preparavam para as quartas de final. O líder da primeira fase foi o Vitória-ES, que somou 27 pontos.

Avançaram ainda: Rio Branco de Venda Nova, Real Noroeste, Desportiva-ES, Rio Branco-ES, Serra, São Mateus e Estrela do Norte. No lado inferior da tabela, Linhares e Atlético-ES acabaram sendo rebaixados.

O Vitória-ES é o time de melhor campanha no Campeonato Capixaba até a paralisação — Foto: Vitor Nicchio

O Vitória-ES é o time de melhor campanha no Campeonato Capixaba até a paralisação — Foto: Vitor Nicchio

Goiás

Campeonato Goiano foi paralisado antes do início da 11ª rodada da primeira fase. São 12 clubes divididos em dois grupos, onde as equipes de uma chave jogam contra às da outra. Porém, a classificação para o mata-mata obedece a classificação geral.

Desse modo, o melhor time até o momento é o Atlético-GO, que tem 23 pontos. Figuram na zona de classificação para as quartas de final ainda Jaraguá, Goianésia, Goiás, Crac, Anápolis, Vila Nova e Aparecidense. Iporá e Anapolina ocupam a zona de rebaixamento. O torneio foi um dos últimos do país a ser suspenso, depois de muita pressão de clubes e até do Governo do Estado.

Atlético-GO e Anápolis estão na zona de classificação para as quartas de final. O Dragão lidera o Goianão até aqui — Foto: Douglas Schinatto

Atlético-GO e Anápolis estão na zona de classificação para as quartas de final. O Dragão lidera o Goianão até aqui — Foto: Douglas Schinatto

Maranhão

Na terra de Zeca Baleiro, o estadual já estava na reta final da primeira fase. O Campeonato Maranhense foi suspenso justamente antes da última rodada da fase inicial. O líder é o Moto Club, com 16 pontos, seguido do seu maior rival, o Sampaio Corrêa, com 9. O líder e o vice dessa fase garante vaga nas semifinais, mas, matematicamente, apenas o Papão já se garantiu lá. Por enquanto, a Bolívia também tem a vaga.

Do terceiro colocado ao sexto, as equipes avançam para a segunda fase, um mata-mata em que duas equipes vão selar vagas para as semifinais também. Até agora, figuram nessa zona Pinheiros-MA, Juventude-MA, Imperatriz e Maranhão.

Moto lidera a primeira fase da competição — Foto: Gaudêncio Carvalho/Moto Club

Moto lidera a primeira fase da competição — Foto: Gaudêncio Carvalho/Moto Club

O Cordino, 8º colocado, na lanterna com um ponto, já caiu de divisão, enquanto que o São José-MA, vice-lanterna, briga com o Maranhão por uma vaga na segunda fase ou na segunda divisão do ano que vem. A Federação Maranhense não trabalha com a possibilidade de ficar sem campeão em 2020, e admite até cancelar a Copa FMF para abrir datas e decidir o estadual no segundo semestre.

Mato Grosso

Campeonato Mato-grossense já tinha conseguido algumas definições antes da paralisação, que ocorreu após a última rodada da primeira fase. O tradicional Mixto, maior campeão estadual, por exemplo, foi rebaixado, ao lado do Araguaia.

As oito equipes classificadas para as quartas de finais da competição também já são conhecidas. O melhor da primeira fase foi o Cuiabá, que somou 21 pontos. Passaram de fase também, Operário de Várzea Grande, União Rondonópolis, Sinop, Nova Mutum, Poconé, Dom Bosco e Luverdense. A FMF ainda cogitou encerrar o campeonato com portões fechados, mas voltou atrás e suspendeu a competição por tempo indeterminado.
Maior campeão do estado, o Mixto caiu de divisão — Foto: Gil Gomes, Assessoria Mixto EC

Maior campeão do estado, o Mixto caiu de divisão — Foto: Gil Gomes, Assessoria Mixto EC

Mato Grosso do Sul

No Campeonato Sul-mato-grossense já são reconhecidos os rebaixados. Com a 10ª colocação, na lanterna, o CENA deu adeus à elite do futebol do Mato Grosso do Sul. Ao seu lado, também foi embora da primeira divisão o SEP, 9º colocado.

Avançaram para as quartas de final Aquidauanense – o melhor da primeira fase com 18 pontos -, Águia Negra, Serc, Operário-MS, Comercial-MS, Costa Rica, Maracaju e Corumbaense. O torneio foi paralisado antes das partidas de ida do primeiro mata-mata e não tem previsão para retorno.

Aquidauanense foi o mlehor da primeira fase  — Foto: Aquidauanense FC/Divulgação

Aquidauanense foi o mlehor da primeira fase — Foto: Aquidauanense FC/Divulgação

Minas Gerais

Campeonato Mineiro deixou de ser disputado antes do início da 10ª rodada, a penúltima da primeira fase. E o América-MG é quem está na ponta da competição, com 21 pontos. O Tombense é o vice-líder, enquanto que Atlético-MG e Caldense fecham a zona de classificação para as semifinais do estadual.

Até agora a decepção segue sendo o Cruzeiro, que está fora do G-4, ocupando a quinta posição. Do quinto ao oitavo lugar, os times avançam para o Troféu Inconfidência. O Vila Nova-MG, na 11ª posição, a vice-lanterna da competição, abre a zona de rebaixamento. Já o Tupynambás, o 12º, está na lanterna e fecha a zona da degola. A Federação Mineira de Futebol trabalha para a retomada imediata dos Módulos I e II assim que houver liberação dos órgãos de saúde.

O América-MG lidera o Campeonato Mineiro e vive uma situação bem diferente do Cruzeiro, que está fora do G-4 — Foto: Douglas Magno/BP Filmes

O América-MG lidera o Campeonato Mineiro e vive uma situação bem diferente do Cruzeiro, que está fora do G-4 — Foto: Douglas Magno/BP Filmes

Pará

O Paysandu é o melhor time até aqui do Campeonato Paraense, que tem cinco times em cada chave, com equipes de um grupo enfrentado os times do outro. A classificação para as semifinais, no entanto, é definida pela classificação geral. O Papão lidera o torneio com 19 pontos.

Figuram no G-4 ainda Remo, Castanhal e Paragominas. Em 10º lugar, na lanterna, o Carajás já foi rebaixado. Em 9º, na vice-lanterna, o Itupiranga ainda luta contra o descenso. O torneio foi paralisado antes de ser iniciada a 10ª rodada e não tem previsão para voltar a ser disputado.

Papão está na ponta na classificação geral do Paraense — Foto: Jorge Luiz/Ascom Paysandu

Papão está na ponta na classificação geral do Paraense — Foto: Jorge Luiz/Ascom Paysandu

Alguns clubes preferem o cancelamento definitivo do estadual. O Paysandu vê com cautela a possibilidade de ser declarado campeão, mas outros defendem até um desfecho inusitado. O Paragominas, por exemplo, chegou a sugerir dar o título de campeão para os profissionais de saúde, que estão na linha de frente no combate ao novo coronavírus.

Paraíba

Campeonato Paraibano foi um dos últimos a parar. Com partidas atrasadas, o torneio foi suspenso quando alguns campeonatos já estavam paralisados há alguns dias. A competição parou antes de iniciar a 9ª rodada, a penúltima da primeira fase.

O torneio é dividido em duas chaves, com as equipes de um grupo encarando os times do outro. O melhor clube até aqui é o Atlético de Cajazeiras, que está no Grupo A, e soma 18 pontos. Na chave, o Treze é o vice-líder e fecha a zona de classificação para as semifinais do torneio no grupo.

Atlético de Cajazeiras é o clube que mais pontuou até aqui no Paraibano — Foto: Divulgação / Atlético de Cajazeiras

Atlético de Cajazeiras é o clube que mais pontuou até aqui no Paraibano — Foto: Divulgação / Atlético de Cajazeiras

Aliás, o time sertanejo se mostrou pessimista no desfecho dos estaduais este ano, e disse que só tem autonomia até o dia 10 de abril, quando se vence a folha de março. Até por isso, pensa em pleitear o título paraibano da temporada, uma vez que possui a melhor campanha entre os dez clubes.

No Grupo B, o Campinense lidera com 13 pontos, com o Sousa, também com 13, fechando a zona de classificação da chave. Os lanternas de cada grupo serão rebaixados. O Sport Lagoa Seca selou sua queda, com a quinta posição do Grupo A já consumada, enquanto que o São Paulo Crystal é o quinto do Grupo B, mas ainda luta pela permanência. A presidente da Federação Paraibana de Futebol, Michelle Ramalhocrava que os estaduais vão retornar e serem encerrados no campo e que a CBF pode até mudar a fórmula do Campeonato Brasileiro para garantir a volta dos estaduais.

Paraná

Os rebaixados do Campeonato Paranaense já estão sacramentados. PSTC e União Beltrão foram as piores equipes do torneio, ficaram com a 12ª e 11ª posição, respectivamente, e caíram. O torneio foi paralisado ao fim da primeira fase.

O melhor time até aqui é o Coritiba, que terminou a primeira fase como líder, com 24 pontos. Oito equipes passaram de fase para as quartas de final. Além do Coxa, vão para o mata-mata Cascavel, Operário-PR, Athletico-PR, Rio Branco-PR, Cianorte, Londrina e Paraná. A competição foi suspensa por tempo indeterminado.

Com o fim da primeira fase, Coritiba e Paraná se preparavam para fazer um dos duelos do mata-mata do Paranaense — Foto: Divulgação/Coritiba

Com o fim da primeira fase, Coritiba e Paraná se preparavam para fazer um dos duelos do mata-mata do Paranaense — Foto: Divulgação/Coritiba

Pernambuco

Campeonato Pernambucano foi paralisado faltando apenas uma rodada para ser encerrada a primeira fase. De modo que algumas coisas já estavam definidas. Por exemplo, Santa Cruz, líder do torneio até aqui com 22 pontos, e Salgueiro, vice-líder com 16, já haviam garantidos suas vagas nas semifinais.

Do terceiro ao sexto lugar, quatro equipes avançam para um mata-mata onde mais duas equipes passam para as semifinais. Nessa zona de classificação estão Retrô, Náutico, Sport e Afogados. Nenhum dos quatro já selou a passagem de fase. Os quatro últimos dessa primeira fase disputam posteriormente um torneio em pontos corridos pela sobrevivência.

Santa Cruz está na ponta da primeira fase e já se garantiu nas semifinais — Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press

Santa Cruz está na ponta da primeira fase e já se garantiu nas semifinais — Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press

O Vitória-PE, 10º colocado e lanterna, já está no torneio da sobrevivência. Por enquanto, Decisão, Central e Petrolina figuram no mesmo caminho, mas ainda têm chances de escapar e avançar para o mata-mata de antes da semifinal.

A Federação Pernambucana de Futebol é uma das mais firmes no discurso de que os estaduais serão retomados. Segundo seu presidente, Evandro de Carvalho, os torneios devem voltar em 60 dias.

Piauí

Campeonato Piauiense é um dos que têm poucas definições até aqui. O melhor time do torneio até agora é o Altos, que lidera a primeira fase com 21 pontos, seguido pelo Picos que tem 20. Essa seria a final do campeonato se a primeira fase terminasse agora.

A fórmula é bem simples. A primeira fase é disputada em jogos de ida e volta por 8 times, com os dois melhores ao fim da fase decidindo o título. Os dois piores caem de divisão. A vice-lanterna está com o Piauí, enquanto que o Timon-PI fecha a zona de rebaixamento no momento. A competição parou antes da 11ª rodada ser iniciada, e a Federação Piauiense de Futebol marcou para o dia 30 de abril o retorno da competição, até segunda ordem.
O Altos lidera o Campeonato Piauiense, e faria a final contra o Picos se a primeira fase fosse encerrada até a paralisação — Foto: Felipe Soares

O Altos lidera o Campeonato Piauiense, e faria a final contra o Picos se a primeira fase fosse encerrada até a paralisação — Foto: Felipe Soares

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, o primeiro campeão já era conhecido. O Flamengo até chegou a utilizar reservas nos primeiros jogos, depois começou a jogar com os titulares e avançou com certa tranquilidade para o mata-mata. Bateu o Fluminense por 3 a 2 e venceu o Boavista na decisão por 2 a 1, conquistando a Taça Guanabara. Botou uma mão no título do Campeonato Carioca.

Flamengo levou a Taça Guanabara — Foto: André Durão

Flamengo levou a Taça Guanabara — Foto: André Durão

A busca por colocar a segunda mão acabou sendo interrompida. Por conta da pandemia da Covid-19, a Taça Rio acabou interrompida antes de ser disputada a quarta rodada da fase. Apesar de estar paralisado por tempo indeterminado, a Federação Estadual do Rio de Janeiro (Ferj) garante que a competição será finalizada, após as férias dos atletas. O presidente da Ferj, Rubens Lopes, cogita até defender o “isolamento vertical” para que a competição volte a ser jogada.

Em campo, embora já tenha conquistado uma taça, o Flamengo está em segundo na classificação geral (contando apenas as fases de grupo nos dois turnos). A liderança nesse quesito é do Fluminense que tem 24 pontos, contra 22 do Fla. Na Taça Rio, o Rubro-Negro lidera o Grupo A com 9 pontos, seguido pelo Boavista que tem 6 e fecha a zona de classificação para as semifinais da fase. No Grupo B, o Tricolor lidera também com 9 pontos, enquanto que o Madureira, com 6, passaria de fase em segundo.

Se o torneio retornar, o Flamengo pode conquistar de maneira antecipada o campeonato se vencer o segundo turno e terminar como líder geral. Haverá uma decisão do estadual se outra equipe vencer a Taça Rio ou se, mesmo se o Rubro-Negro levar o turno, outra equipe terminar como a líder geral do Carioca, somando apenas as duas fases de grupo.

Fluminense lidera o torneio, somando a fase de grupos dos dois turnos até aqui — Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC

Fluminense lidera o torneio, somando a fase de grupos dos dois turnos até aqui — Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC

Na Segunda Fase Especial (luta contra o rebaixamento) faltam dois jogos ser disputados. Com 9 pontos, o Americano já escapou da queda. América-RJ e Nova Iguaçu disputam a única vaga para se manter na elite do Campeonato Carioca.

Rio Grande do Norte

No Rio Grande do Norte, o estadual já tem clube que levantou taça. A do primeiro turno. O ABC foi melhor time da fase inicial do primeiro turno e encarou o América-RN, vice-líder, na decisão do turno. O empate por 2 a 2 deu o título ao ABC.

ABC venceu o primeiro turno e também foi a equipe que mais pontuou até agora — Foto: Alexandre Lago

ABC venceu o primeiro turno e também foi a equipe que mais pontuou até agora — Foto: Alexandre Lago

No segundo turno, o ABC também liderava a primeira fase com 9 pontos. De modo que o Mais Querido é o líder geral no momento com 27 pontos. Se terminasse agora a fase, ABC e Globo-RN decidiram o turno. Os dois vencedores de turno fazem a grande final do Campeonato Potiguar. Se o mesmo clube levar os dois turnos se sagra campeão potiguar. O pior time no somatório dos dois turnos cai de divisão. Com 6 pontos, o Assu é até agora essa pior equipe.

A competição foi paralisada no meio da 4ª rodada, com duas partidas já realizadas e duas por fazer. O torneio não tem data para voltar a ser disputado.

Rio Grande do Sul

Campeonato Gaúcho é mais um que teve tempo de apresentar um campeão de turno. O Caxias passou de fase no Grupo B com a liderança, desbancando o Grêmio, venceu o Ypiranga-RS na semifinal e bateu o Imortal na decisão.

No entanto, a competição acabou sendo paralisada antes do início da quarta rodada do segundo turno. Até aqui, o Internacional lidera o Grupo A, com o Novo Hamburgo na segunda colocação, fechando a zona de classificação. Na outra chave, o Grêmio lidera com o Caxias em segundo, fechando o G-2.

Grêmio levou o primeiro turno — Foto: Max Peixoto/MS/Divulgação

Grêmio levou o primeiro turno — Foto: Max Peixoto/MS/Divulgação

No momento, somando as duas fases, Pelotas e São Luiz são as equipes que menos pontuaram e estariam rebaixadas, se o torneio acabasse agora. A Federação Gaúcha de Futebol é mais uma Federação que descarta o cancelamento da competição, mas não sabe quando o torneio voltará a acontecer.

Rondônia

Campeonato Rondoniense foi paralisado na 10ª rodada. Como um grupo tem cinco times e o outro seis e os confrontos são dentro da chave é injusto dizer quem lidera a competição. No Grupo A, o Porto Velho está na ponta com 14 pontos, seguido pelo Real Ariquemes, que fecha a zona de classificação para as semifinais da competição. No Grupo B, o Vilhenense, também com 14 pontos, é o líder da chave, seguido pelo Ji-Paraná, que fecha o G-2.

O pior time de cada chave cairia de divisão. Cairia! A Federação Rondoniense de Futebol renovou a paralisação do estadual por tempo indeterminado, mas já definiu que nenhum time será rebaixado na edição deste ano, em virtude da pandemia do coronavírus.
Goleiro Wellington Santana, do Porto Velho, só sofreu um gol no estadual de Rondônia: time invicto e com a melhor defesa — Foto: Divulgação

Goleiro Wellington Santana, do Porto Velho, só sofreu um gol no estadual de Rondônia: time invicto e com a melhor defesa — Foto: Divulgação

Roraima

Campeonato Roraimense é o torneio estadual que tem menos equipes. São apenas cinco clubes em busca do título de melhor time de futebol do estado. A competição foi paralisada por tempo indeterminado antes do início da 5ª rodada do primeiro turno. O Campeonato Roraimense não prevê rebaixamento.

GAS lidera o menor campeonato estadual deste ano — Foto: Hélio Garcias

GAS lidera o menor campeonato estadual deste ano — Foto: Hélio Garcias

No primeiro turno, o líder é o GAS, que tem 10 pontos. O São Raimundo-RR fecha a zona de classificação para a decisão do turno. Os campeões de turno decidem o título estadual. Se o mesmo time vencer os dois turnos, se sagra campeão roraimense.

A volta do futebol, no entanto, está complicada. Três times já liberaram os seus jogadores – São Raimundo-RR, GAS e Baré.

Santa Catarina

Campeonato Catarinense foi paralisado ao fim da primeira fase. Portanto já estão conhecidos os clubes que seguem em busca do título. Passaram para as quartas de final Avaí, Brusque, Figueirense Criciúma, Joinville, Marcílio Dias, Juventus-SC e Chapecoense. O Avaí e o Busque empataram em números de pontos na liderança, mas o Leão obteve melhor saldo de gols e terminou a primeira fase como a melhor equipe.

O Avaí, do meia Pedro Castro, se classificou para as quartas de final do Campeonato Catarinense com a melhor campanha — Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F. C.

O Avaí, do meia Pedro Castro, se classificou para as quartas de final do Campeonato Catarinense com a melhor campanha — Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F. C.

O rebaixado para a segunda divisão ainda não é conhecido, já que o torneio foi paralisado antes também do mata-mata da morte. Piores times na primeira fase, Tubarão e Concórdia disputam a última vaga na elite do futebol catarinense do ano que vem em jogos de ida e volta. A Federação Catarinense de Futebol segue otimista que o torneio possa ser retomado.

São Paulo

Paulistão foi mais um dos campeonatos que foram paralisados antes de ser iniciada a penúltima rodada da primeira fase. O torneio foi disputado até a 10ª rodada, e, até aqui, o melhor time é do interior. O Santo André somou 19 pontos e lidera o Grupo B, já que tem uma vitória a mais do que o Palmeiras, que também tem 19 pontos. As duas equipes estão na zona de classificação da chave.

Santo André é o melhor na classificação geral; Corinthians está fora da zona de classificação em seu grupo — Foto: Marcos Ribolli

Santo André é o melhor na classificação geral; Corinthians está fora da zona de classificação em seu grupo — Foto: Marcos Ribolli

São 16 clubes divididos em quatro chaves de quatro equipes, com as equipes enfrentando apenas os times das outras chaves. Os dois primeiros colocados de cada grupo passam para as quartas de final. No Grupo A, Santos e Oeste figuram no G-2, enquanto que no Grupo C São Paulo e Mirassol estão com as vagas no mata-mata até agora. No Grupo D, Bragantino e Guarani estão na zona de classificação, com o Corinthians fora, em terceiro lugar da chave.

Os dois piores times na classificação geral serão rebaixados. No momento, a Ponte Preta, lanterna do Grupo A com 7 pontos, e o Botafogo-SP, lanterna do Grupo B com 8, cairiam de divisão. O torneio não tem previsão de retorno.

Sergipe

Campeonato Sergipano já tinha pelo menos uma grande definição: a dos rebaixados. Lagarto e América de Pedrinhas foram os dois piores times da primeira fase, que contava com oito equipes, e caíram de divisão.

A competição já está no quadrangular final, com Confiança, Sergipe, Itabaiana e Freipaulistano, que passaram da primeira fase. O líder do quadrangular é o Confiança com 3 pontos. O Dragão também é o líder geral com 20 pontos. O torneio foi paralisado antes de serem jogadas as partidas da 2ª rodada do quadrangular final. A Federação Sergipana de Futebol confia na volta do campeonato e afirmou que, se preciso for, o estadual vai se adequar ao calendário nacional.

Confiança está na liderança do quadrangular final do estadual de Segipe — Foto: Felipe Rosendo

Confiança está na liderança do quadrangular final do estadual de Segipe — Foto: Felipe Rosendo

Tocantins

O estadual de Tocantins foi paralisado após as partidas de ida da semifinal. Os rebaixados já estão conhecidos, Sparta, 7º colocado, e Atlético Cerrado, 8º, na lanterna, não escaparam da zona da degola na primeira fase.

Passaram para as semifinais do Campeonato Tocantinense Palmas, Interporto, Tocantinópolis e Araguacema. O Palmas avançou como líder, somando 19 pontos. O torneio ainda não tem previsão para a volta.

Com um pé na grande final, o Palmas liberou o elenco por causa da pandemia do novo coronavírus — Foto: Divulgação/Palmas FR

Com um pé na grande final, o Palmas liberou o elenco por causa da pandemia do novo coronavírus — Foto: Divulgação/Palmas FR

(Globo Esporte)