Cuiabá - MT | Sexta-Feira, 22 de Outubro de 2021

Sistema de saúde de São Paulo deve ficar cheio em duas semanas

Sistema de saúde de São Paulo deve ficar cheio em duas semanas


source
Hospital de campanha do Pacaembu arrow-options
Redes sociais / Reprodução

Hospital de campanha no Pacaembu terá 200 leitos para pacientes de baixa e média complexidade

O sistema municipal de saúde de São Paulo deve ficar lotado em duas por conta da crise do novo coronavírus (Sars-CoV-2). A previsão é da própria Prefeitura, que, para fazer o desafogamento, vai transferir os casos de baixa e média complexidade para os hospitais de campanha no Anhembi e no Pacaembu .

As unidades de saúde (UPA, UBS, AMAs e hospitais) que precisarem abrir leitos deverão fazer pedidos de transferência de seus pacientes à Central de Regulação de Ofertas e Serviços de Saúde (Cross).

Leia também: Funerárias são denunciadas por não seguir orientação da OMS no manejo de corpos

Essa central vai receber a solicitação e, junto com a Secretaria Municipal de Saúde, vai fazer a logística dos transporte dos pacientes a um dos hospitais de campanha da cidade, ou o do Anhembi ou do Pacaembu. Os pacientes serão transportados já com um leito definido para ficar, mesmo que seja caso suspeito.

A fase inicial de obras do Hospital Municipal de Campanha do Anhembi (HMCamp) será entregue na segunda (6) aos profissionais de saúde para esterilização e verificação da necessidade de mudanças. O primeiro paciente deve chegar na quinta (9).