Cuiabá - MT | Sexta-Feira, 22 de Outubro de 2021

Dois homens são presos na fronteira levando veículo roubado para Bolívia

Dois homens são presos na fronteira levando veículo roubado para Bolívia


.

Assessoria | PJC-MT

Dois homens que transportavam um veículo roubado com destino a Bolívia foram presos em flagrante durante mais um trabalho da operação integrada Hórus Vigia deflagrada pela Delegacia Especial de Fronteira (Defron-PJC), Grupo Especial de Fronteira (Gefron-Sesp), Agência Regional de Inteligência da Polícia Militar do 6º Comando Regional(ARI PM 6º CR), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça (Seopi/MJSP).

As ações têm como foco a realização de barreiras intensificando as abordagens e fiscalização de documentação de veículos e condutores. Durante os trabalhos na madrugada desta sexta-feira (27), os policiais depararam com um veículo Volkswagen Gol que seguia outro veículo do mesmo modelo e marca, e que se aproximou do posto de fiscalização, sentido distrito Caramujo, zona rural de Cáceres (228 km a Oeste de Cuiabá).

Ao ser abordado, o motorista ignorou a ordem de parada, acelerando o carro contra os policiais percorrendo aproximadamente um quilômetro sentido posto da PRF. Desta forma, os policiais acionaram a equipe policial mais a frente, porém ao ver a presença da viatura o suspeito tentou jogar o carro para cima dos policiais.

Durante a tentativa de fuga, o motorista saiu da pista, subiu no meio fio e jogou o carro no mato, porém foi detido pela equipe policial. Em checagem no sistema, foi constatado que o veículo conduzido por ele era produto de roubo, ocorrido na cidade de Diamantino, ocasião em que uma família foi feita refém e teve todos os bens da casa subtraídos.

Em continuidade as diligências, os policiais se deslocaram até o distrito de Caramujo conseguindo prender o motorista do outro veículo Volkswagen Gol que estava atuando na função de batedor/olheiro, informando através de telefone celular, sobre a presença de policiais na rodovia. Questionado, o suspeito confessou que receberia R$ 400 para monitorar a estrada até a cidade de Porto Esperidião, onde o veículo seria deixado e posteriormente encaminhado para Bolívia.

Diante da situação, os dois suspeitos foram encaminhados para a Delegacia Especial de Fronteira, onde foram interrogados e autuados em flagrante pelos crimes de receptação e resistência.

 

 

 

 

Fonte: PJC MT