Cuiabá - MT | Terca-Feira, 28 de Setembro de 2021

Racing vence o Athletico nos pênaltis em amistoso na Argentina

Racing vence o Athletico nos pênaltis em amistoso na Argentina

Racing Athletico amistoso (Foto: Divulgação/Racing)

O torcedor do Athletico começou a temporada 2020 com emoção. O Furacão enfrentou o Racing, em amistoso na Argentina, nesta quarta-feira, e foi derrotado nos pênaltis, por 5 a 4, após empate em 2 a 2 no tempo normal. Foram cinco cobranças perdidas pelo time brasileiro. Jogando no Estádio Bicentenario, o Rubro-Negro fez o primeiro teste do ano, sob o comando de Dorival Júnior e marcou com os estreantes Bissoli e Marquinhos Gabriel – Matías Rojas e Fértoli anotaram para o time de Avellaneda.

Primeiro tempo

Racing e Athletico fizeram um primeiro tempo bem movimentado no Bicentenario, com quatro gols. O time de Avellaneda abriu o placar logo aos três minutos, depois de falha de Santos, que tentou o corte, mas mandou nos pés de Lisandro López. O capitão acertou a trave e, na sobra, Matías Rojas mandou para o gol.

O Athletico mostrou dificuldade para encaixar a marcação, mas aos poucos foi se recuperando e equilibrando o jogo. O empate veio aos 10 minutos, quando Carlos Eduardo chutou cruzado, Arias espalmou e Bissoli, do time de aspirantes, aproveitou a sobra e deixou tudo igual na Argentina. O Furacão quase virou o placar em seguida, novamente com Bissoli, que tentou de cabeça. O Racing voltou a ficar na frente aos 19, com Fértoli. O Athletico não desistiu e buscou novamente o empate aos 27, e foi com um golaço, de falta, com o estreante Marquinhos Gabriel.

Segundo tempo

As duas equipes fizeram seis mudanças no intervalo. Do lado atleticano, Dorival Júnior tirou Jonathan, Márcio Azevedo, Rossetto, Erick, Marquinhos Gabriel e Carlos Eduardo e colocou Khellven, Adriano, Cittadni, Fernando Canesin, Nikão e Vitinho, respectivamente. O Furacão voltou para o segundo tempo mais presente no campo de ataque e pressionando a saída de bola dos argentinos.

No decorrer da segunda etapa, o Rubro-Negro teve mais duas mudanças, com as saídas de Wellington e Bissoli para as entradas de Lucho e Breno Lopes. O jogo caiu um pouco de ritmo, com muita marcação entre os times, e sem mais gols marcados. Com o empate, o jogo foi decidido nos pênaltis.

Nos pênaltis, deu Racing

Racing e Athletico precisaram de 18 cobranças para decidir a partida. E o time de Avellaneda levou a melhor. O goleiro Santos chegou a fazer duas defesas, em chutes de Cvitanich e Martínez. O Furacão teve três chances de ficar com a vitória, mas abusou dos erros. Foram cinco cobranças perdidas pelos atleticanos, com Lucho González, Khellven, Adriano, Cittadini e Breno Lopes – desses, o goleiro Javier García pegou quatro cobranças. Quatro converteram – Nikão, Canesin, Lucas Halter e Vitinho.

Gols de estreantes

O meia-atacante Marquinhos Gabriel foi um dos reforços que estrearam pelo Athletico no amistoso contra o Racing. Emprestado pelo Cruzeiro até dezembro, o jogador vestiu a camisa 10 e balançou a rede em sua primeira partida no Furacão. Novo homem da bola parada, ele marcou aos 27 minutos do primeiro tempo, quando cobrou a falta central e, de perna canhota, fez um lindo gol.

Marquinhos Gabriel

Marquinhos Gabriel (Foto: Miguel Locatelli/Athletico)

Noite de testes

A estreia de Dorival Júnior no comando do Furacão foi recheada de testes. O time atleticano começou com Santos; Jonathan, Zé Ivaldo, Lucas Halter e Márcio Azevedo; Wellington, Rosseto e Erick; Marquinhos Gabriel, Guilherme Bissoli e Carlos Eduardo. Foram oito substituições durante o segundo tempo. Somente três jogadores atuaram em todo o amistoso – o goleiro Santos e os zagueiros Lucas Halter e Zé Ivaldo. Cinco não participaram do jogo: Bento e Gabriel (goleiros da base), os zagueiros Léo Pereira e Thiago Heleno, além do meia Matheus Anjos. (Globo Esporte)