Cuiabá - MT | Terca-Feira, 28 de Setembro de 2021

Gabriel Veron faz dois em goleada do Palmeiras sobre o Goiás

Gabriel Veron faz dois em goleada do Palmeiras sobre o Goiás

Gabriel Veron comemora o gol pelo Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli)

Com dois gols e uma assistência do garoto Gabriel Veron, o Palmeiras goleou o Goiás por 5 a 1, nesta quinta-feira à noite, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, e colocou o Internacional na fase prévia da Copa Libertadores de 2020. O resultado mantém a equipe paulista com chances de terminar o Brasileirão em segundo lugar e acaba o sonho dos goianos de se classificarem para o principal torneio sul-americano.

A estrela de Gabriel Veron

O garoto foi a campo aos 11 minutos do segundo tempo para substituir Zé Rafael e não decepcionou. O gol saiu aos 24. Ele deu início à jogada que ainda passou por Lucas Lima e Jean. Em seguida, o menino apareceu na área apenas para escorar o cruzamento. Aos 36, o atacante entortou a marcação pela esquerda e deu o passe para Dudu aumentar. A retribuição veio aos 44. Dudu encontrou o novato na área, que só empurrou para as redes.

Para a história

Gabriel Veron se tornou o segundo jogador mais jovem a marcar com a camisa do Verdão (17 anos, três meses e dois dias), atrás apenas de Juliano (16 anos, 11 meses e 23 dias), autor de um gol diante do Nacional-URU em 19 de agosto de 1998.

Gabriel Veron comemora com os companheiros

Gabriel Veron comemora com os companheiros (Foto: Marcos Ribolli)

Palmeiras pode terminar em segundo

A vitória desta quinta faz o Palmeiras chegar aos mesmos 71 pontos do Santos – o rival leva vantagem no número de vitórias (21 a 20). A decisão sobre o vice-campeonato será apenas na última rodada. O Verdão pega o Cruzeiro, domingo, às 16h, no Mineirão, enquanto o Peixe recebe o Flamengo, na Vila Belmiro.

Andrey Lopes, técnico interino do Palmeiras

Andrey Lopes, técnico interino do Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli)

Acaba o sonho do Goiás

A derrota em Campinas terminou com as chances do Goiás de ir à Libertadores. O time permanece na décima posição, com 49 pontos, cinco abaixo do Internacional, oitavo. Na última rodada, a equipe dirigida por Ney Franco recebe o Grêmio, domingo, às 16h, no Serra Dourada.

Ney Franco, técnico do Goiás

Ney Franco, técnico do Goiás (Foto: Marcos Ribolli)

Primeiro tempo

O Goiás começou o jogo com mais posse de bola. Aos 11 minutos, Rafinha chegou a marcar, mas o árbitro Bruno Arleu de Araújo marcou falta de Rafael Moura em Weverton. Para o comentarista de arbitragem Sandro Meira Ricci, não houve a infração, mas Leandro Barcia estava impedido no início do lance. O Palmeiras demorou a entrar no jogo. Isso só aconteceu aos 21, quando Zé Rafael recebeu belo passe de Lucas Lima e abriu o placar. O empate não demorou a sair. Barcia disparou nas costas de Diogo Barbosa e foi derrubado pelo lateral. O árbitro marcou pênalti, mas na imagem é possível ver que a falta foi cometida fora da área. Rafael Moura bateu e deixou tudo igual. O Palmeiras voltou a ficar em vantagem aos 33. Dudu tabelou com Zé Rafael e pegou de primeira na pequena área. Raphael Veiga e Luan ainda tiveram mais duas chances para marcar desperdiçaram.

Zé Rafael e Dudu comemoram gol do Palmeiras

Zé Rafael e Dudu comemoram gol do Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli)