CUIABANO NEWS
Home Política Economia & Agro Cotidiano & Polícia Esportes Variedades Opinião & Artigos Vida & Estilo MT


Bebê de apenas um ano morre após ser picado por escorpião



Inserido em: 01/12/2019 03:52:56

escorpião-amarelo-é-endêmico-no-Centro-Oeste-do-Brasil-Mato-Grosso-tem-1.jpg

Hospital de Doenças Tropicais relata que, após a picada do escorpião, o bebê teve uma parada cardiorrespiratória.

Um menino de um ano e dez meses morreu no Hospital de Doenças Tropicais (HDT), em Goiânia, após complicações causadas pela picada de um escorpião.

Segundo a unidade de saúde, o bebê teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.

O hospital informou, em nota, que o incidente aconteceu em Panamá, cidade da região oeste de Goiás, onde a família do bebê mora. Ele foi picado na perna direita.

De acordo com o HDT, a criança foi levada, inicialmente, para a unidade de atendimento médico de Panamá. Depois, o bebê foi encaminhado para Goiatuba, onde foi feito o soro antiescorpiônico.

Em seguida, transferiram o menino para o HDT, que é referência no tratamento de acidentes provocados por animais peçonhentos.

Não é recomendo o uso de produtos químicos como pesticidas para o controle de escorpiões, pois até o momento a eficácia não foi comprovada para o controle do animal em ambiente urbano.

Todo cuidado é pouco

O período do verão – entre dezembro e março – exige maior cuidado dos brasileiros em relação aos acidentes com escorpiões, já que o clima úmido e quente é considerado ideal para o aparecimento desse tipo de animal peçonhento, que se abriga em esgotos e entulhos. Isto nas cidades, como no campo.

A limpeza do ambiente e a adoção de hábitos simples, de acordo com o Ministério da Saúde, são fundamentais para prevenir picadas.

No ambiente urbano, a orientação para evitar a entrada de escorpiões em casas e apartamentos é usar telas em ralos de chão, pias e tanques, além de vedar frestas nas paredes e colocar soleiras nas portas. Os cuidados incluem ainda afastar camas e berços das paredes e vistoriar roupas e calçados antes de usá-los. Já em áreas externas, a principal dica é manter jardins e quintais livres de entulhos, folhas secas e lixo doméstico.

Também é importante manter todo o lixo da residência em sacos plásticos bem fechados para evitar baratas, que servem de alimento e, portanto, atraem os escorpiões.

Outra recomendação é manter o gramado sempre aparado, não colocar a mão em buracos, embaixo de pedras ou em troncos apodrecidos e usar luvas e botas de raspas de couro na hora de manusear entulhos e materiais de construção e em atividades de jardinagem.

Crianças abaixo de 7 anos, como o caso do óbito registrado no  Hospital de Doenças Tropicais (HDT), em Goiânia, têm mais chance de apresentar sintomas como vômito e diarreia, principalmente quando picadas por escorpião-amarelo, que pode levar a casos graves e requer a aplicação do soro em tempo adequado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+A -A
scroll to top