CUIABANO NEWS
Home Política Economia & Agro Cotidiano & Polícia Esportes Variedades Opinião & Artigos Vida & Estilo MT
Inserido em: 30/11/2019  17:52:11


Juiz percorre presídios para avaliar condições de carceragem e ouvir detentos em MT


Juiz percorre presídios para avaliar condições de carceragem e ouvir detentos em MT

Juiz-Geraldo-Fidélis-percorre-presídios-para-avaliar-condições-de-carceragem-e-ouvir-detentos-em-MT-1.jpg

O juiz Geraldo Fidelis, da Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) percorreu as unidades prisionais de Cuiabá e Várzea Grande,   a fim que saber em que condições elas se encontram. Além de verificar a infraestrutura, o objetivo da visita é verificar o tratamento dispensado dos detentos.

No caso do Centro de Ressocialização de Várzea Grande (CRVG), popularmente  conhecido como Presídio do Capão Grande, a principal dificuldade são as visitas. As famílias da maior parte dos detentos moram no interior e têm dificuldade em vir, nos dias de visitação.

Juiz ouve reivindicações de presos e avalia condições de presídios — Foto: TJMT/ Assessoria

Juiz ouve reivindicações de presos e avalia condições de presídios — Foto: TJMT/ Assessoria

Durante a semana Geraldo Fidelis foi também à unidade prisional feminina Ana Maria do Couto May e às masculinas Penitenciária Central do Estado (PCE), Centro de Custódia de Cuiabá (CCC) e Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC). Em cada local conversou não só com os presos, mas também com os diretores e com os agentes prisionais.

Nesses locais o juiz observou a falta de ventilação e defendeu a instalação de aparelhos que possam promover a troca de ar dentro das celas e condições de respirar. Ele também defendeu o investimento na qualidade de trabalho para os servidores.

Aulas ministradas dentro da unidade 'Capão Grande', em Várzea Grande — Foto: TJMT/ Assessoria

Aulas ministradas dentro da unidade ‘Capão Grande’, em Várzea Grande — Foto: TJMT/ Assessoria

Os presos aproveitaram o contato direto com o magistrado para entregar os ‘bereus’, que são os bilhetes com pedidos para serem levados ao gabinete e analisados. Os detentos também solicitaram melhoria no atendimento médico e psicológico dentro das unidades.

Todas as reivindicações e situações registradas dentro das unidades terão encaminhamento e serão avaliadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+A -A
scroll to top