Cuiabá - MT | Segunda-Feira, 20 de Setembro de 2021

Câmara de Cuiabá aprova CPI da Sonegação para apurar suposto desvio de R$ 300 milhões

Câmara de Cuiabá aprova CPI da Sonegação para apurar suposto desvio de R$ 300 milhões

Vereadores vão investigar instituições financeiras que não estariam recolhendo o ISSQN de forma adequada, lesando assim os cofres públicos.

Para tirar a limpo um autêntico “mar de dúvidas”, a Câmera de Cuiabá vai instaurar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar suposta sonegação fiscal por parte de instituições financeiras instaladas na Capital de Mato Grosso.

O requerimento para abertura da CPI foi apresentado pelo vereador Francisco Silveira Chico 2000 (PR), que argumentou que as instituições financeiras não estariam recolhendo o ISSQN de forma adequada, lesando assim os cofres públicos.

Para o parlamentar, o prejuízo pode chegar a R$ 300 milhões nos últimos 5 anos.

Chico 2000 diz que há a suspeita de sonegação especificamente das instituições financeiras, tais como as grandes empresas bancárias e outras instituições que realiza operações como leasing, franchise, e todos os serviços que tem incidência do ISS.