Cuiabá - MT | Sexta-Feira, 30 de Julho de 2021

Fortaleza domina CSA e dá grande passo para permanência na Série A

Fortaleza domina CSA e dá grande passo para permanência na Série A

O Fortaleza abriu boa vantagem para a zona do rebaixamento e mira a Sul-Americana na reta final do Brasileirão. Neste domingo, venceu fácil o CSA por 3 a 0 na Arena Castelão e chegou a 42 pontos. Os gols foram marcados por Juninho, Tinga e Paulão. Em baixa, o Azulão sofreu a quarta derrota seguida e continua no Z-4.

Como fica?

O Fortaleza está na 11ª colocação no Brasileiro, com 42 pontos. Para escapar de vez do rebaixamento, precisa apenas de uma vitória em cinco jogos. O CSA é o 18º colocado, com 29 pontos, e tem que vencer cinco partidas na reta final.

Ampla vantagem

Fortaleza e CSA subiram juntos para a Série A. Nos dois confrontos, vantagem total do Tricolor, que venceu no Rei Pelé por 2 a 0 e na Arena Castelão por 3 a 0. No duelo, o Leão fez cinco gols e não foi vazado

Fortazela x CSA, no Castelão

Fortazela x CSA, no Castelão (Foto: Augusto Oliveira/Ascom CSA)

Primeiro tempo

O CSA começou a partida fechadinho. Do outro lado, o Fortaleza investia mais em jogadas pela esquerda e cruzava muito na área. O CSA partia só na boa e até criou uma oportunidade aos seis, numa finalização de fora da área de Ricardo Bueno.

O jogo estava até morno quando o Fortaleza abriu o placar. Juninho bateu falta com precisão e acertou no ângulo: 1 a 0, aos 34 minutos. Foi uma pancada.

Gol do Fortaleza! Em cobrança de falta, Juninho abre o placar com belo gol, aos 34 do 1º tempo

A próxima

O Fortaleza volta a jogar no próximo domingo. Encara o Inter, às 19h, no Beira-Rio, em Porto Alegre. O CSA vai entrar em campo um dia depois, 24 de novembro, contra o Fluminense. Duelo no Rei Pelé, em Maceió, está marcado para as 20h.

Segundo tempo

O Fortaleza ampliou a vantagem aos três minutos. Romarinho ganhou na velocidade de Luciano Castán, pela direita, e tocou pra trás. Wellington Paulista ajeitou e Tinga chegou batendo de dentro da área: 2 a 0.

Estava fácil. Aos oito minutos, Juninho cobrou falta pela direita e achou Paulão com liberdade na área. O zagueiro completou de perna direita, no canto de João Carlos.

Aos 21, Euller arriscou de longe, a bola desviou em Paulão e deu trabalho a Felipe Alves. Depois, o Fortaleza fez jogadas de efeito, linha de passe na área do CSA, mas não marcou o quarto. Batido, o adversário não criou mais nada.

Gol do Fortaleza! Após cobrança de falta, Paulão fecha na segunda trave e marca, aos 8 do 2º tempo

(Globo Esporte)