CUIABANO NEWS
Home Política Economia & Agro Cotidiano & Polícia Esportes Variedades Opinião & Artigos Vida & Estilo MT
Inserido em: 16/11/2019  19:08:07


Sem pressão, Cuiabá enfrenta o Figueirense neste domingo



Avaí-vale.jpg

Time do Cuiabá fez treino apronto neste sábado no campo cedido pelo Avaí

Em jogo marcado para as 17h30 (horário de MT), o Cuiabá enfrenta o Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, em jogo válido pela 36ª rodada (antepenúltima) do Brasileiro da Série B. As equipes entram em campo em situações opostas: enquanto o Dourado, que está na parte de cima da tabela com 50 pontos, sem chances de acesso e com a permanência confirmada na Série B, do outro lado, o Figueirense está ameaçado pelo rebaixamento e precisa vencer a qualquer custo para se afastar do Z-4, onde ficou por 18 rodadas.

Ocupando a 16ª colocação e vindo de uma série positiva de nove jogos sem derrota, o time catarinense convocou a presença maciça de sua torcida em busca de uma vitória em um confronto visto como ‘decisão’. O mesmo não passa pela cabeça do Dourado que a estas alturas tem o foco na decisão da Copa Verde, onde terá que reverter a vantagem do Paysandu, vencedor do jogo de ida, por 1 a 0, na Arena Pantanal.

O time do Cuiabá, comandado pelo técnico Marcelo Chamusca vai a campo desfalcado. O atacante Jean Patrick, que se lesionou diante do América-MG, está fora da partida. Outros atacantes como Mateus Anderson, Todinho e Rodolfo também estão entregues ao departamento médico, onde já estão o zagueiro Leandro Souza e o lateral Danilo.

Visando esse compromisso, o time realizou seu último treinamento na tarde deste sábado, no campo de apoio do estádio da Ressacada, cedido pelo Avaí. Nem todos os atletas foram para o campo, já que parte do elenco ficou no hotel realizando um trabalho regenerativo.

Ao falar sobre o compromisso contra o Figueira, o técnico Marcelo Chamusca descartou uma formação com time reservas e fala apenas em uma boa apresentação: “Será mais uma partida difícil. A torcida do Figueirense abraçou o clube após tudo que aconteceu, o W.O. lá em Cuiabá e estão conseguindo sair do rebaixamento. Eles virão para cima, porém, nossa equipe é experiente e tem condição de manter o nível que vem demonstrando dentro da competição para conseguir um bom resultado”.

O jogo deste domingo será apitado pelo árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima (RS), auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi e Tiago Augusto Kappes, todos do Rio Grande do Sul. A partida terá transmissão ao vivo pelos canais Sportv e Premiere.

Time do Cuiabá no treino deste sábado, em Florianópolis

Figueirense desfalcado e com mudanças

Pintado será obrigado a mexer na formação titular do Figueirense para enfrentar o Cuiabá. Aos menos três mudanças irão acontecer, já que Alemão, Luís Ricardo e Ruan Renato estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Já na defesa, Héliton e Pereira devem formar a dupla, enquanto que na lateral direita a opção deve ser pelo volante Kauê. Pintado citou a opção por Victor Guilherme, mas por ter características mais ofensivas, ele luta pela vaga com os atacantes Jefferson Renan e Robertinho, que estão recuperados de pancadas, mas ainda sentem dores.

Assim, o provável time do Figueirense deve ser com Pegorari; Kauê, Pereira, Héliton e Conrado; Patrick, Betinho e Fellipe Mateus; Jefferson Renan (Victor Guilherme), Breno e Rafael Marques.

Victor Guilherme pode reaparece no time titular — Foto: Matheus Dias/FFC

Victor Guilherme pode reaparece no time titular

Pintado elogiou a disposição dos jogadores nos treinamentos. O técnico demonstrou confiança em poder utilizar qualquer jogador do elenco no momento decisivo e, ainda, deixou aberto a possibilidade de algum atleta tido como “surpresa” aparece na escalação titular. Caso isso aconteça, certamente será pelo bom desempenho apresentado durante as atividades.

O treinador está muito confiante em seus jogadores: “Nesse grupo eu tenho 110% de confiança em todos. Todos têm treinado muito bem. Quem faz bem no treino, faz bem no jogo”, afirma o treinador.

No confronto contra o Dourado o Figueirense tenta aumentar para 10 jogos a invencibilidade e, assim, encaminhar a permanência. O Alvinegro tem 38 pontos e pela primeira vez, após 14 rodadas, aparece fora da zona de rebaixamento.

Reencontro após o W.O.

Três meses depois de não jogar e perder por 3 a 0, o Furacão encontra o Dourado, neste domingo, em um cenário bem diferente daquele data.

Cuiabá x Figueirense não aconteceu na Arena Pantanal — Foto: Olímpio Vasconcelos

Cuiabá x Figueirense não aconteceu na Arena Pantanal — Foto: Olímpio Vasconcelos

Se antes os jogadores estavam sem salários, faziam greve, não tinham diálogo com a diretoria e não confiavam nas falsas promessas, agora o clima é mais leve e organizado, não somente na tabela.

“Esse foi o primeiro passo para a empresa que estava aqui começasse a se questionar, se era realmente um trabalho profissional e honesto que eles vinham fazendo. Mas é passado, foi preciso no momento aquele ato para chegar nesse ponto que estamos hoje, que nos deu mais tranquilidade para trabalhar. Pessoas envolvidas no Figueirense se movimentando para deixar as coisas em ordem e em dia. Foi válido, valeu a pena, mas é caso passado. Não podemos trazer mais essas coisas negativas, até porque o momento é de comemorar, momento bom”, disse o atacante Rafael Marques.

A saída da Elephant e seu mandatário Cláudio Honigman ocorreu um mês após o W.O. e a consequente derrota por 3 a 0 para o Cuiabá. Depois daquilo, o Furacão passou por momentos turbulentos, chegou a ficar 18 rodadas sem nenhuma vitória, mas agora respira aliviado fora da zona de rebaixamento.

Figueirense só depende de si para escapar da queda à Série C — Foto: Patrick Floriani/FFC

Figueirense só depende de si para escapar da queda à Série C — Foto: Patrick Floriani/FFC

CONFIRA JOGOS DA 36ª RODADA E CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DA SÉRIE B

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+A -A
scroll to top