Cuiabá - MT | Segunda-Feira, 02 de Agosto de 2021

Vila Nova arranca empate com o Guarani, mas segue em situação crítica

Vila Nova arranca empate com o Guarani, mas segue em situação crítica

Vila Nova x Guarani no Serra Dourada (Foto: Divulgação/Vila Nova)

Vila Nova e Guarani fizeram uma partida de baixíssimo nível técnico nesta quarta-feira à noite, no Serra Dourada, pela continuação da 35ª rodada da Série B. O Bugre saiu na frente, em pênalti convertido por Diego Cardoso, mas sentou na vantagem, fez um segundo tempo ruim e permitiu ao Tigre o empate por 1 a 1, em jogada finalizada por Jeferson. O resultado não resolve a situação de nenhum deles na tabela e mantém o alerta ligado para o fim de semana.

Melhores momentos de Vila Nova 1 x 1 Guarani pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B

Melhores momentos de Vila Nova 1 x 1 Guarani pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B

Como fica a tabela?

O Guarani mantém a 14ª posição, agora com 41 pontos, e abre seis de vantagem para o Londrina, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. O time paulista pode garantir a permanência com os resultados da próxima rodada. Já o Vila, penúltimo colocado, com 34 pontos, ampliou para dez jogos o jejum na Série B. A equipe segue ameaçada de cair, ainda mais porque a distância para o Figueirense, 16º, subiu para quatro pontos.

Os gols

Diego Cardoso abriu o placar para o Guarani, após cobrança de pênalti aos 16 minutos do primeiro tempo. O lance daria a vitória ao Bugre, se não fosse a insistência de Jeferson. Após bate rebate dentro da área, o lateral apareceu livre, foi mais rápido que Ferreira e chutou na saída de Jefferson Paulino para dar números finais ao jogo.

Primeiro tempo

O único lance de real perigo acabou em gol. Marcelo foi derrubado por Joseph dentro da área e permitiu a Diego Cardoso anotar seu décimo gol na temporada, o terceiro na Série B. Em vantagem, o Guarani baixou as linhas de marcação e se contentou em rebater bolas para o outro lado do campo. Já o Vila, sem criatividade para penetrar na defesa adversária, ainda perdeu dois jogadores importantes, Tinga e Alan Mineiro, machucados.

Segundo tempo

O nível técnico da partida foi até pior, com muitos erros simples de passe e dificuldade extrema de ameaçar o gol adversário. Thiago Carpini fez mudanças que recuaram o time, principalmente a entrada de Ferreira, um zagueiro, na vaga do machucado Marcelo. O Vila passou a incomodar nos minutos finais e “achou” o gol de empate aos 40 minutos, após sucessão de falhas dos defensores. Ainda deu tempo de Gastón Filgueira, após entrada violenta em Lucas Crispim, receber o segundo amarelo e ser expulso.

Vila Nova x Guarani no Serra Dourada

Vila Nova x Guarani no Serra Dourada (Foto: Divulgação/Vila Nova)

Reta final do Vila Nova

17/11 – 16h – Sport (fora)

20/11 – 19h15 – Oeste (casa)

30/11 – 16h30 – Cuiabá (fora)

Reta final do Guarani

16/11 – 16h30 – Operário-PR (casa)

22/11 – 21h30 – América-MG (casa)

30/11 – 16h30 – Londrina (fora)

(Globo Esporte)