Cuiabá - MT | Quarta-Feira, 28 de Julho de 2021

Funcionária de VG é presa por pedofilia e prostituição

Funcionária de VG é presa por pedofilia e prostituição

Uma funcionária da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Várzea Grande foi presa após ser acusada de prostituição e pedofilia. Prisão foi registrada no dia 31 de outubro e no dia 1° deste mês, Ingrid Gomes, 25, passou por Audiência de Custódia, no Fórum de Cuiabá e permaneceu presa para não atrapalhar as investigações.

De acordo com fontes, a suspeita estava na Educação. Porém, depois de uma confusão ela precisou ser transferida para a Comunicação. Como não tem cursos profissionais na Comunicação foi gerenciada para gravar vídeos do órgão de inaugurações.

“O nome dela está na folha de pagamento. E, agora querem que um prestador de serviços assuma a contratação desta mulher para que a situação não prejudique a imagem da Prefeitura”, disse.

Por sua vez, a Prefeitura de Várzea Grande informou que após a prisão o contrato da funcionária foi rompido até que o fato seja finalizado.