Cuiabá - MT | Sexta-Feira, 30 de Julho de 2021

Após acusação assédio sexual de colega, Abilinho lança campanha “teste do sofá não”

Após acusação assédio sexual de colega, Abilinho lança campanha  “teste do sofá não”

Após o escândalo onde uma ex-servidora Secretaria Municipal de Saúde denúncia o vereador Adevair Cabral (PSDB) por assédio sexual, o vereador Abílio Júnior (PSC) lançou uma campanha nas redes sociais contra essa prática, Se te pediram pra fazer o “Teste do sofá” para conseguir um emprego público: #DENUNCIE!!!

Em nenhum momento em sua campanha, Abilinho menciona o colega de parlamento, porém sabemos que indiretamente a campanha foi lançada após a denúncia da servidora na sexta-feira (1).

Segundo a servidora, após as investidas do vereador via aplicativo de Whatsapp, onde chegou a mandar uma foto no dia 23 de maio de 2017, onde apareceria apenas de “samba-canção”, o parlamentar tucano decidiu convidá-la para uma reunião na Associação dos Servidores da Prefeitura de Cuiabá, conhecida como ‘Clube Aspe’.

Em sua campanha Abílio alerta que esse tipo de comportamento não pode ser aceito.

“Não podemos aceitar assédio sexual em lugar nenhum, se isso acontece ou aconteceu na Prefeitura ou na Câmara temos que denunciar”.

Assédio sexual é definido no Art. 216 do Código Penal como o ato de “Constranger alguém com o intuito de obter vantagem ou favorecimento sexual, prevalecendo-se o agente de sua condição de superior hierárquico ou ascendência inerentes ao exercício de emprego, cargo ou função”.

Veja também 

Ex-servidora acusa vereador de se masturbar em sua frente