Cuiabá - MT | Terca-Feira, 03 de Agosto de 2021

Após nova vitória, Mano Menezes vê Palmeiras vivo na luta pelo título

Após nova vitória, Mano Menezes vê Palmeiras vivo na luta pelo título

Mano Menezes espera sequência dura no Palmeiras, mas ainda acredita em título — Foto: Marcos Ribolli

O técnico Mano Menezes admitiu que o Palmeiras encontrou mais dificuldades do que esperava na vitória por 1 a 0 sobre o Ceará, na noite deste sábado, na arena.

Em entrevista coletiva após a partida, Mano fez questão de valorizar o resultado, que levou o Palmeiras aos 63 pontos na tabela do Campeonato Brasileiro – a cinco do líder Flamengo, que enfrenta o Corinthians neste domingo, no Maracanã. E manteve as esperanças de título.

– Sempre é melhor jogar com uma folga maior. Precisamos quase gabaritar nossa prova – iniciou Mano.

– Nós temos que fazer o que estamos fazendo. Na semana que vem teremos uma semana muito difícil, teremos dois jogos fora de casa, a gente sabe como é difícil, mas vamos nos preparar muito para isso. No começo do ano eu li algumas referências diferentes para o verde, mas eu continuo achando que o verde é a cor da esperança – completou.

Mano detalhou a estratégia de jogo e, claro, rasgou elogios à atuação do goleiro Weverton, que defendeu um pênalti cobrado por Bergson no primeiro tempo e fez outras grandes defesas na segunda etapa.

– Weverton merece, é goleiro de seleção brasileira, e fez hoje uma atuação espetacular. Hoje, fora o pênalti, fez duas grandes defesas, espetaculares, defesas de gol, que valeram tanto quanto o gol do Zé Rafael – disse Mano.

– Ficamos felizes com quem trabalha, quem escreve uma trajetória de sucesso, eu conheci ele lá atrás e nos reencontramos agora, ele em outro nível, e só alcançou esse nível porque trabalha. Vamos trabalhar para que isso não se repita mais, mas saímos muito felizes, tanto quanto ele – completou.

O técnico analisou também as dificuldades encontradas contra o Ceará e admitiu que houve uma queda de intensidade com relação à vitória por 3 a 0 sobre o São Paulo, na quarta-feira.

– Foi muito mais duro do que a gente imaginava, e eu diria que pela intensidade do clássico, por tudo o que aconteceu, a preparação de você levar para o clássico uma situação de comportamento forte em poucas horas depois você não consegue repetir, e sofre muito e principalmente no segundo tempo sofremos com o desgaste físico da equipe – explicou Mano.

Depois de secar o Flamengo no domingo, o Palmeiras volta a campo na próxima quarta-feira para enfrentar o Vasco, às 21h30 (de Brasília), em São Januário, em jogo válido pela 31ª rodada do Brasileirão. (Globo Esporte)