Cuiabá - MT | Terca-Feira, 15 de Junho de 2021

Avião que transportava corpo faz pouso forçado em lavoura de soja em MT após falha no trem de pouso

Avião que transportava corpo faz pouso forçado em lavoura de soja em MT após falha no trem de pouso

Um avião de pequeno porte fez um pouso forçado numa lavoura de soja, em Lucas do Rio Verde, a 362 quilômetros ao Norte  de Cuiabá, na noite dessa sexta-feira (25). A aeronave saiu de Colniza, a 1.065 km da capital, e seguia com o corpo de um morador da cidade para o sepultamento em Nova Mutum, a 269 km de Cuiabá.

Conforme o Corpo de Bombeiros, o avião tinha sido fretado pela família para o translado do corpo até Nova Mutum, quando houve uma falha no trem de pouso, indicada no painel do avião.

“Quando chegou no espaço aéreo perto de Nova Mutum o painel apontou uma falha no trem de pouso, daí ele (piloto) seguiu a recomendação da Anac (Agência Nacional de Avião Civil), que é gastar o combustível ao máximo que puder”, afirmou o bombeiro Alexsandre dos Santos Silva, que atuou na ação.

Quando estava sobrevoando a região, o piloto comunicou o Corpo de Bombeiros sobre o problema e pediu ajuda.

Avião fez pouso forçado em lavoura, em Lucas do Rio Verde — Foto: Corpo de Bombeiros-MT/ Divulgação

Avião fez pouso forçado em lavoura, em Lucas do Rio Verde — Foto: Corpo de Bombeiros-MT/ Divulgação

O avião pousou a aproximadamente 30 km de Lucas do Rio Verde e durante a aterrissagem saiu da pista e entrou na lavoura. Na aeronave, estavam dois parentes da vítima, o piloto, além do corpo. Ninguém se feriu.

No entanto, a estrutura do avião ficou danificada com o acidente. Os tripulantes seguiram até Nova Mutum em uma caminhonete.

A recomendação do Corpo de Bombeiros é que, em situação semelhantes, as pessoas evitem tentar ajudar ou se aproximar da aeronave e chamem os bombeiros. “O ideal é fazer o que o piloto fez, de entrar em contato com os bombeiros e pedir apoio antes de pousar”, explicou.