Cuiabá - MT | Quinta-Feira, 17 de Junho de 2021

Deputado alerta sobre importância da vacinação contra poliomielite

Deputado alerta sobre importância da vacinação contra poliomielite

Em alusão ao Dia Mundial do Combate à Poliomielite, o deputado estadual João Batista (Pros) apresentou, na manhã de quinta-feira (24), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), uma moção de aplausos em homenagem ao Rotary Clube de Cuiabá Bandeirantes, pelos relevantes serviços prestados à sociedade mato-grossense, promovendo campanhas de combate à poliomielite no estado.

Na tribuna, o parlamentar falou sobre a importância da erradicação da poliomielite, ressaltando que não existe tratamento para a doença, sendo a vacina a única forma de prevenção.

“Com objetivo de homenagear todos os membros e voluntários do Rotary Clube de Cuiabá Bandeirantes, que merecem todo nosso respeito e admiração, não poderíamos deixar de externar nosso singelo agradecimento a estes rotarianos que educam e alertam a população sobre o risco de não vacinar nossas crianças”, destacou João Batista.

Gisela Simona, que integra o Rotary Clube de Cuiabá Bandeirantes, fala sobre as ações do grupo dentro do estado, enfatizando a importância de divulgar o dia estadual de combate à doença, uma iniciativa do Rotary Internacional, em combater a poliomielite no mundo.

“O Rotary é uma comunidade internacional que, junto com parceiros, ajudaram a imunizar mais de 2,5 bilhões de crianças contra a poliomielite em 122 países, representando uma redução de 99,9% no número de casos mundiais da doença. Em Mato Grosso, a Lei n° 10.477 instituiu o Dia Estadual de Combate à Poliomielite, e é comemorado no dia 24 de outubro, em alusão a esta data, membros do Rotary no estado promovem ações de conscientização na tentativa de erradicar a doença em Mato Grosso”, explicou Gisela.

Marcos Pereira, um dos membros da organização da campanha de orientação, explica que pólio é uma doença infectocontagiosa, considerada de natureza gravíssima. “Na maioria dos casos, a criança não vai a óbito quando infectada, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia irreversível, principalmente nos membros inferiores. A doença é causada pelo poliovírus e a infecção se dá, principalmente, por via oral. Por isso a importância da vacinação, como forma de prevenir o vírus”, concluiu Marcos.