Expediente | Quem Somos         
   Terca-Feira, 20 de Abril de 2021   

CUIABANO NEWS
Home Política Economia & Agro Cotidiano & Polícia Esportes Variedades Opinião & Artigos Vida & Estilo MT
Inserido em: 23/10/2019  21:44:33


Cuiabá vence o Goiás no tempo normal, ganha nos pênaltis e vai à final da Copa Verde



Cuiabá-x-Goiás.jpg

O Cuiabá está na final da Copa Verde, após um ótimo jogo na Arena Pantanal. Jogando contra o Goiás, na noite desta quarta-feira (23), o Dourado venceu no tempo normal por 2 a 1 de virada e levou a melhor nos pênaltis por 4 a 3 (sem desperdiçar nenhuma cobrança, contrariando sua fama de péssimo batedor de pênalti).

Com esse resultado, o time cuiabano despachou o Goiás com seus titulares e avançou para enfrentar o Paysandu na decisão. Jean Patrick e Jefinho marcaram no tempo normal para o Cuiabá, enquanto Rafael Moura descontou para o time esmeraldino. Em uma partida digna de uma decisão, o Cuiabá esteve em uma noite brilhante e fez por merecer a vitória e a classificação após sair em desvantagem no placar e conseguir uma virada espetacular.

Primeiro tempo

Jogando com seu trio de ataque titular e com domínio nos primeiros minutos, o primeiro bom momento do jogo foi do Cuiabá. Logo aos 4 minutos, em contra-ataque, Jean Patrick arriscou de fora da área e a bola passou raspando o travessão. Quase o gol do Dourado. Um minuto depois, o Goiás respondeu chegando com facilidade. Em uma tabela na entrada da área, Michael recebeu e ficou de frente para o goleiro Matheus Nogueira que foi esperto e saiu nos pés do atacante.

O jogo estava aberto. E em um vacilo da zaga do Cuiabá, o Goiás abriu o placar aos 7 minutos. Leandro Barcia recebeuuna esquerda e fez passe na medida para Rafael Moura, que dominou e finalizou para abrir o placar. Goiás 1 a 0. Os jogadores do Cuiabá reclamaram de um toque na mão do jogador goiano.

Após o baque com o gol sofrido, o Cuiabá não se retraiu e chegou ao empate com um golaço de Jean Patrick aos 15 minutos. Ele recebeu lançamento na intermediária e chutou de fora da área, atingindo o ângulo do goleiro Tadeu. Um belíssimo gol e tudo igual no placar.

A partida seguia bem disputada e o Cuiabá criava oportunidades. Assim, o Dourado teve nova chance com Paulinho que recebeu cruzamento na medida. Após um bom cabeceio, Paulinho quase marcou. A bola passou raspando o travessão de Tadeu. As respostas do Goiás eram sempre muito perigosas. Em uma dessas bolas, Miguel Figueira aproveitou rebote na entrada da área e pegou bonito de perna esquerda. O goleiro Matheus Nogueira fez ótima defesa, salvando o Cuiabá.

Aos 43 minutos, o Cuiabá teve outra chance de ouro. Após cobrança de escanteio, Alê cabeceou sozinho e o goleiro Tadeu fez uma grande defesa, no ‘susto’.

Jean Patrick marcou um belo gol na Arena Pantanal

Segundo tempo

Na primeira boa pontada do Cuiabá, aos 8 minutos, Gutierrez arriscou de longe e a bola tirou tinta do travessão. Por muito pouco o Dourado não fez o segundo gol. Aos 12 minutos, outra boa chance para o Dourado: Felipe Marques recebeu em velocidade, invadiu a área e Rafael Vaz salvou o Goiás de cabeça. Aos 14 minutos, foi a vez do Goiás assustar em cobrança de falta de Rafael Vaz. O goleiro espalmou para escanteio. No minuto seguinte, o Cuiabá teve uma das melhores chances do jogo. Em contra-ataque rápido pela esquerda, Felipe Marques colocou  Jefinho na cara do gol. Ele chutou cruzado e a bola foi para a linha de fundo.

O Cuiabá estava melhor, pressionando o Goiás em seu campo de defesa. Aos 17 minutos, Alê aproveitou falha do Goiás e finalizou da entrada da área no cantinho. Tadeu faz uma bela defesa.

O gol do Cuiabá parecia amadurecido. E veio aos 20 minutos. Em boa triangulação com Felipe Marques, Jefinho recebeu na área e chutou no canto esquerdo de Tadeu fazendo a virada do Cuiabá: 2 a 1.

Jefinho ergue os braços e comemora o gol da virada do Cuiabá contra o Goiás

Aos 28 minutos, o Goiás perdeu um gol incrível. O ataque esmeraldinho ganhou da defesa do Cuiabá e   cruzou para a boca do gol. Os atacantes do Goiás chegaram atrasado. Batido, o goleiro Matheus Henrique só ficou olhando a bola passar raspando a trave.

Aos 30 minutos, o Cuiabá desperdiçou um gol importante. Em contra-ataque pela esquerda, Jefinho lançou Jean Patrick que bateu para a rede, mas o juiz acusou impedimento e anulou o terceiro gol. No final do jogo, Jean Patrick sofreu contusão e Marino sofreu cãimbras. Assim, o Dourado tratou de segurar o resultado e levar para os pênaltis.

Veja como foi o jogo

Nos pênaltis – Na primeira cobrança do Goiás, Barcia bateu com tranquilidade e colocou bola em um canto e goleiro no outro. Jean Patrick bateu para o Cuiabá e deixou tudo igual (1 a 1). Rafael Vaz bateu com muita categoria no canto esquerdo de Matheus Nogueira e colocou o Goiás em vantagem. Paulinho bateu e converteu para o Cuiabá (2 a 2). Rafael Moura cobrou muito bem no ângulo direito e fez 3 a 2. Ednei foi para a terceira cobrança do Cuiabá e converteu (3 a 3). Na quarta cobrança, Alan Ruschel bateu e a bola tocou na trave. Alex Ruan marcou e botou o Cuiabá em vantagem. Michael do Goiás chutou e o goleiro Matheus Nogueira fez a defesa. Cuiabá na final da Copa Verde.

Matheus defendeu a cobrança de Michael e colocou o Dourado na final da Copa Verde…

Um público de apenas 1.573 pagantes – renda de  14.225 – compareceu para assistir o bom jogo na Arena Pantanal. O Cuiabá vai enfrentar na decisão da Copa Verde o Paysandu em duas partidas, no sistema ‘mata-mata’. O primeiro jogo da final está marcado para o dia 13 de novembro (quarta-feira) em local a ser definido pela CBF.

Jogadores do Cuiabá saem para comemorar a vitória sobre o Goiás

Agenda

O Cuiabá volta a campo neste sábado, pela Série B do Brasileiro as 15h30 (horário de MT), para enfrentar o Brasil de Pelotas em jogo que acontece no estádio Bento Freitas, no interior gaúcho. Já o Goiás terá compromisso no domingo (27), na Arena da Baixada, diante do Athletico Paranaense às 15 horas (horário de MT) pelo Campeonato Brasileiro da Série A.

Escalações

Cuiabá:  Matheus Nogueira, Léo, Ednei, Anderson Conceição e Marino; Paulinho, Matheus Anderson (Augustin Gutierrez), Jean Patrick e Jefinho; Alê (Moisés) e Felipe Marques (Alex Ruan). Técnico: Marcelo Chamusca.

Goiás: Tadeu, Kevin, Rafael Vaz, Fábio Santos e Alan Ruschel; Hermes (Kaio), Geovane (Breno) e Figueira; Michael, Rafael Moura e Barcia. Técnico: Ney Franco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+A -A
izmir escort izmir escort izmir escort izmir escort denizli escort antalya escort antalya escort antalya escort antalya escort ankara escort izmir escort izmir escort
scroll to top