Cuiabá - MT | Terca-Feira, 15 de Junho de 2021

Cuiabá tem chances matemáticas de subir para a Série A; veja as contas

Cuiabá tem chances matemáticas de subir para a Série A; veja as contas

Cuiabá ainda tem chances matemáticas de subir para a Série A. Foto: AssCom Dourado

A oito rodadas para o fim da Série B, as equipes continuam com a calculadora na mão fazendo as contas, seja para conquistar o sonhado acesso ou escapar do rebaixamento. Na parte de cima da tabela, Bragantino e Sport continuam com mais de 90% de chances de subir para a elite. Do outro lado, times como São Bento e Criciúma estão cada vez mais sob risco de queda para a terceira divisão. Já o Cuiabá, com 39 pontos e na 11ª colocação, tem chances remotas de subir para a Série A (apenas 2%) e risco de cair para a Série C de 1%, segundo o levantamento feito pelo matemático Tristão Garcia, do site Infobola. O número mágico para o acesso é de 63 pontos e para a permanência é de 46 pontos. Mais abaixo, veja o que precisa o Dourado para subir ou evitar o rebaixamento.

Briga pelo acesso

O Bragantino continua na liderança e tem 99% de chances de acesso. Com 59 pontos, a equipe segue administrando a vantagem de seis pontos para o vice-líder Sport, que tem 93% de chances de subir.

O G-4 fecha com Atlético-GO e Coritiba na briga para se manter nas primeiras posições. O Coxa, que buscou o empate com o Vila Nova, diminuiu as chances de 59% para 56%, enquanto o Dragão, que ficou no empate com o Botafogo-SP, diminuiu de 60% para 57%. Vale lembrar que o Coxa tem um jogo a menos que os demais – Cuiabá x Coritiba, adiado da 24ª rodada, será disputado no próximo dia 29.

Com a vitória sobre o Oeste, o América-MG aumentou suas chances de 29% para 50%. Botafogo-SP e Paraná agora têm 12% de subir e seguem sonhando com o retorno à primeira divisão. O Guarani saiu da disputa pelo acesso e não consegue mais alcançar o número mágico de 63 pontos.

CONFIRA COMO ESTÁ A CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE B

Tabela da Série B depois de 30 rodadas; Coxa e Cuiabá têm um jogo a menos — Foto: GloboEsporte.com

Tabela da Série B depois de 30 rodadas; Coxa e Cuiabá têm um jogo a menos — Foto: GloboEsporte.com

Segundo Tristão, é necessário chegar aos 63 pontos para subir. O Bragantino precisa de mais quatro pontos. O Sport, de 10. O Atlético-GO, de 14. O Coritiba, de 16.

Para subir…

  • 99% – Bragantino: precisa de mais 4 pontos
  • 93% – Sport: precisa de mais 10 pontos
  • 57% – Atlético-GO: precisa de mais 14 pontos
  • 56% – Coritiba – precisa de mais 16 pontos
  • 50% – América-MG: precisa de mais 16 pontos
  • 12% – Botafogo-SP: precisa de mais 19 pontos
  • 12% – Paraná Clube: precisa de mais 19 pontos
  • 08% – CRB: precisa de mais 20 pontos
  • 08% – Operário-PR: precisa de mais 20 pontos
  • 02% – Ponte Preta: precisa de mais 22 pontos
  • 02% – Cuiabá: precisa de mais 24 pontos
  • 01% – Brasil de Pelotas: precisa de mais 24 pontos
Bragantino continua na liderança da Série B e com os dois pés na elite — Foto: Ari Ferreira/ CA Bragantino

Bragantino continua na liderança da Série B e com os dois pés na elite — Foto: Ari Ferreira/ CA Bragantino

Corrida do rebaixamento

Em último lugar na tabela, o São Bento perdeu para o Operário-PR na rodada e viu o risco de rebaixamento aumentar de 86% para 91%. Situação bem parecida com a do Criciúma, derrotado pelo CRB, que agora vê o risco subir de 76% para 86%.

O Figueirense, que venceu o Paraná fora de casa, diminuiu de 83% para 60%, mas continua ameaçado. O Vila Nova (66%) completa a zona de rebaixamento.

O Londrina derrotou o Vitória como visitante e deu uma boa respirada – vê o risco cair de 42% para 18%. Vitória (39%), Oeste (21%) e Guarani (14%) continuam com o sinal de alerta ligado. Brasil de Pelotas (3%), Cuiabá (1%) e Ponte Preta (1%) têm riscos pequenos, mas não podem se descuidar nas últimas rodadas. O Operário-PR, depois de vencer o lanterna São Bento, e o CRB, que derrotou o Criciúma, eliminaram o risco de rebaixamento.

O número mágico para a permanência é de 46 pontos. O São Bento precisa fazer 19 pontos na reta final. O Criciúma, 17. O Vila Nova e o Figueira, 15. O Vitória, 13. E Oeste, Londrina e Guarani, 11.

Para não cair…

  • 91% – São Bento: precisa de mais 19 pontos
  • 86% – Criciúma: precisa de mais 17 pontos
  • 66% – Vila Nova: precisa de mais 15 pontos
  • 60% – Figueirense: precisa de mais 15 pontos
  • 39% – Vitória: precisa de mais 13 pontos
  • 21% – Oeste: precisa de mais 11 pontos
  • 18% – Londrina: precisa de mais 11 pontos
  • 14% – Guarani: precisa de mais 11 pontos
  • 03% – Brasil de Pelotas: precisa de mais 8 pontos
  • 01% – Cuiabá: precisa de mais 7 pontos
  • 01% – Ponte Preta: precisa de mais 5 pontos
São Bento chegou a 90% de risco de rebaixamento — Foto: José Tramontin

São Bento chegou a 90% de risco de rebaixamento — Foto: José Tramontin

A próxima rodada começa já na quarta-feira. Sport e Paraná medem forças às 19h15 na Ilha do Retiro. A 31ª rodada ainda tem confrontos diretos como, por exemplo, CRB x Botafogo-SP e Atlético-GO x América-MG e Sport.

31ª rodada da Série B

(HORÁRIOS DE BRASÍLIA)

  • 23/10 – quarta, 19h15 – Sport x Paraná (Ilha do Retiro)
  • 24/10 – quinta, 19h15 – CRB x Botafogo-SP (Rei Pelé)
  • 24/10 – quinta, 21h30 – Coritiba x Operário-PR (Couto Pereira)
  • 25/10 – sexta, 19h15 – Atlético-GO x América-MG (Antônio Accioly)
  • 25/10 – sexta, 19h15 – Londrina x Oeste (Estádio do Café)
  • 25/10 – sexta, 21h30 – Bragantino x Vila Nova (Nabi Abi Chedid)
  • 26/10 – sábado, 16h30 – São Bento x Guarani (Walter Ribeiro)
  • 26/10 – sábado, 16h30 – Figueirense x Criciúma (Orlando Scarpelli)
  • 26/10 – sábado, 16h30 – Brasil de Peplotas x Cuiabá (Bento Freitas)
  • 27/10 – domingo, 16h – Ponte Preta x Vitória (Moisés Lucarelli)

(Com informações do Globo Esporte)