Cuiabá - MT | Domingo, 13 de Junho de 2021

Inacreditável: Ex-zagueiro do Cuiabá perde o gol mais ‘feito’ do ano; veja vídeo

Inacreditável: Ex-zagueiro do Cuiabá perde o gol mais ‘feito’ do ano; veja vídeo

Édson Borges perdeu gol sozinho com a bola em cima da linha

Goleiro caído, a bola em cima da linha do gol e o jogador completamente sozinho só para empurrar para as redes. É difícil imaginar que um jogador profissional possa perder um gol assim. Mas, foi o que aconteceu com o zagueiro Édson Borges (ex-zagueiro do Cuiabá EC), que hoje defende as cores do Operário-PR na Série B. Para muitos que assistiram a partida foi o gol mais ‘feito’ do ano e deveria entrar para a lista dos gols mais perdidos da história do futebol.

Na vitória de 2 a 1 sobre o São Bento (SP), na noite deste sábado (19), no estádio Germano Krugger, em Ponta Grossa, Borges fez o  inacreditável, quando o jogo estava empatado em um gol. Após cobrança de escanteio, o zagueiro que defendeu o Cuiabá no primeiro turno da Série B deste ano, recebeu lançamento, chutou em cima do goleiro, que deu rebote e a bola começou a rolar mansa em cima da linha do gol, sem ninguém para atrapalhá-lo. Só ele, a bola e o gol vazio.

No momento do arremate, ele se enrolou todo com as pernas. A esquerda chutou para o gol, mas a direita insistiu em defender e por fim, furou e a bola acabou batendo na parte traseira de sua chuteira. Após três tentativas e uma lambança fantástica, fez o que mais sabe: afastar o perigo do gol.

Para a crônica esportiva que acompanhou a partida, ‘foi o gol mais perdido do ano’, sem nenhum concorrente à altura nas quatro divisões do futebol brasileiro este ano.

Veja o lance

Para a sorte de Édson Borges, o Operário-PR conseguiu marcar o segundo gol e venceu a partida contra o São Bento (2 a 1).

No fim da partida, o zagueiro comentou o gol perdido e admitiu que ele entra na categoria de inacreditável.

“Quando bati a primeira bola e o goleiro pegou, a bola passou um pouco, resvalou no outro pé. Está na categoria inacreditável, ninguém tá livre disso, só espero que não aconteça de novo. O importante é que estamos na briga pelo G-4”, afirmou o zagueiro.

Veja os gols e os melhores momentos de Operário-PR x São Bento