Cuiabá - MT | Terca-Feira, 15 de Junho de 2021

Enduro a Pé – Sesc Serra Azul chama atenção para conservação do cerrado

Enduro a Pé – Sesc Serra Azul chama atenção para conservação do cerrado

(Fotos: Jeferson Prado)

Um dos mais bonitos cartões postais de Mato Grosso, o Parque Sesc Serra Azul, serviu de rota para a segunda edição do Enduro a Pé – Sesc Serra Azul 5km, realizado neste domingo (13.10), no município de Rosário Oeste, com acesso por Bom Jardim (Nobres-MT). A prova comemora o Dia do Cerrado (11 de setembro) e visa aproximar as pessoas da natureza, promover a educação ambiental e a conscientização sobre a importância da conservação do bioma cerrado.
 
Com cerca de 40 equipes inscritas, o Enduro começou às 7h, com largadas no receptivo da Cachoeira Serra Azul, a cada quatro minutos. A competição contou com muito trabalho em equipe, superação e caminhadas em trilhas planas, meio a riachos que cortam a mata. Subidas, descidas, pedras e belas paisagens, além de aventura e desafios, deram o tom da emoção. A novidade desta edição foi atravessar uma lagoa remando em um barco inflável, antes do pórtico de chegada. A equipe campeã foi a Blogueiragem, seguida da TN Esportes Radicais (2º lugar) e Lobo Guará (3º lugar).
 
Também conhecido como trekking, o Enduro é um esporte constituído de provas onde se devem percorrer trilhas preestabelecidas em planilhas que fornecem informações como figuras representativas sobre o caminho, direções para navegação por GPS, velocidade de caminhada e comprimento dos trechos do percurso, sendo a equipe vencedora aquela que obtiver a menor pontuação negativa ou atingir o Score. Durante o circuito tinham 10 postos de controle e ao passar por estes postos, os competidores deveriam responder perguntas sobre o bioma cerrado. Respostas corretas contaram pontos no final.
 
Para a contadora Gisely Ojeda a experiência foi marcante e inesquecível. “Já vou me preparar para o próximo. São muitos desafios, muita adrenalina, mas vale a pena. No próximo ano estaremos aqui novamente”, garantiu. O personal Julieldo Amaral também gostou muito da prova, mesmo a equipe se perdendo no meio da mata. “Demos o nosso melhor, nos perdemos, mas foi incrível e chegamos no final com muita garra. É um desafio, com certeza”, completou.
 
Segundo a superintendente do Sesc Pantanal, Christiane Caetano, foi muito significativo realizar a etapa 2019 do Enduro a Pé Sesc – Serra Azul, tendo em vista que a prova era para ter acontecido no dia 22 de setembro e precisou ser transferida devido a uma temporada de queimadas que consumiu quase 2 mil hectares do parque. “Ao mesmo tempo vemos o quanto o cerrado é forte, pois com poucos dias de chuva já está de volta a exuberância da natureza, com o verde, as árvores renascendo e um dia lindo de sol, cheio de borboletas amarelas, combinando com as equipes vestidas de amarelo. Estamos hoje comemorando esse retorno”, destacou.
 
E acrescentou: “Estar aqui no Parque Serra Azul para o Sesc Pantanal é muito significativo, porque aqui nascem várias nascentes do Rio Cuiabá, que formam o Pantanal Norte, o Pantanal de Poconé”, comentou a superintendente, ao enfatizar que é muito importante conservar essas nascentes e ajudar na manutenção dos ciclos de cheia e vazante do Pantanal.
 
As três equipes ganhadoras receberam troféus e todos os participantes ganharam medalhas. A premiação do 1º lugar incluiu voucher para uma diária com acompanhante, a cada participante, no Hotel Sesc Porto Cercado, na cidade de Poconé. Os competidores tiveram direito a almoço no Restaurante Buritizal, no Parque Sesc Serra Azul, espaço decorado com o trabalho de artistas locais que valoriza a culinária mato-grossense e oferece a experiência de contemplação da lagoa, rodeada de Buritis e aves como a arara Canindé.
 
Serra Azul
 
O Sesc Serra Azul é uma das unidades que integram o Sesc Pantanal. É um parque ambiental, com aproximadamente 5 mil hectares, localizado no cerrado mato-grossense, na região oeste do município de Rosário Oeste (com acesso por Bom Jardim – Nobres – MT) entre a Serra Azul e a margem esquerda do rio Cuiabazinho. A unidade é voltada para os segmentos de Ecoturismo e Turismo de Aventura. Atualmente oferece as atividades de visitação à cachoeira com flutuação, cicloturismo tirolesa e arvorismo, além do serviço de almoço oferecido no restaurante Buritizal.