CUIABANO NEWS
Home Política Economia & Agro Cotidiano & Polícia Esportes Variedades Opinião & Artigos Vida & Estilo MT


Onde chegamos: Brasil cede empate a Senegal e chega a três jogos sem vitória



Inserido em: 10/10/2019 10:53:42

Seleção-Brasileira-Neymar-é-parado-pela-forte-marcação-senegalesa-Foto-Pedro-Martins-MoWA-Press-5.jpeg

A seleção brasileira segue sem saber o que é vitória depois da conquista da Copa América em casa, em julho. O time comandado por Tite empatou em 1 a 1 com Senegal, nesta quinta-feira, em amistoso disputado em Singapura, e chegou a três partidas sem triunfar. Firmino abriu o placar com um golaço, e Diédhiou empatou cobrando pênalti sofrido por Mané depois de bela jogada.

Jejum incômodo

O empate desta quinta-feira é o terceiro tropeço seguido do Brasil, que havia empatado com a Colômbia e perdido para o Peru em setembro. O incômodo jejum de três jogos sem vencer é o maior em mais de seis anos.

A última vez que isso aconteceu foi na virada de 2012 para 2013, quando a equipe chegou a ficar cinco partidas sem triunfar, sob os comandos de Mano Menezes e Luiz Felipe Scolari – na ocasião, perdeu para Argentina e Inglaterra e empatou com Colômbia, Itália e Rússia.

Atuação sem brilho 

Escalada basicamente com a equipe que ganhou a Copa América em casa, a seleção brasileira teve mais uma atuação sem brilho.

Depois de um bom começo, em que criou chances e abriu o placar com um golaço de Firmino, o time caiu de produção e passou a sofrer diante da marcação de Senegal, que também buscou o ataque e chegou a ter maior posse de bola.

O gol sofrido no fim do primeiro tempo premiou a estratégia de Senegal, que teve as melhores chances em um segundo tempo em que as alterações de Tite não mudaram o panorama da partida.

  • Alterações de Tite não mudaram desempenho do Brasil

    Alterações de Tite não mudaram desempenho do Brasil (Foto: Efe)

    100 JOGOS, MAS SEM GOL

    Neymar completou 100 jogos pela seleção brasileira no amistoso desta quinta-feira, mas não conseguiu balançar as redes. O camisa 10 do Brasil não teve uma atuação de destaque, apesar de algumas boas jogadas, sendo sempre bem marcado.

    Neymar em ação no amistoso Brasil x Singapura

    Neymar em ação no amistoso Brasil x Singapura (Foto: Pedro Martins / MowaPress)

  • OS ESTREANTES

    Tite promoveu a entrada de dois estreantes no segundo tempo do duelo contra os senegaleses: Matheus Henrique entrou em campo no lugar de Arthur, e Renan Lodi substituiu Alex Sandro na lateral esquerda. Os dois, entretanto, não tiveram destaque em meio ao desempenho irregular da equipe.

    Estreante Matheus Henrique entrou no lugar de Arthur

    Estreante Matheus Henrique entrou no lugar de Arthur (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

  • DEU TRABALHO

    Craque e referência de Senegal, Sadio Mané fez aquilo que se esperava dele. Com companheiros de bom nível, em uma equipe bem armada por Aliou Cissé, o astro do Liverpool caiu sempre pelo lado esquerdo e deu trabalho à defesa brasileira. Ele fez a ótima jogada que – começando ainda no campo de defesa – terminou com um pênalti de Marquinhos e permitiu o empate senegalês.

    Sadio Mané foi destaque do Senegal diante do Brasil

    Sadio Mané foi destaque do Senegal diante do Brasil (Foto: AFP)

  • OS PRÓXIMOS PASSOS

    A seleção brasileira terá a chance de encerrar seu jejum de vitórias no próximo domingo, quando enfrentará a Nigéria em novo amistoso em Singapura, às 9h (de Brasília). Depois, o time só volta a campo em novembro, para a última Data Fifa de 2019, quando enfrentará a Argentina e a Coreia do Sul (adversário ainda não confirmado).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+A -A
scroll to top