CUIABANO NEWS
Home Política Economia & Agro Cotidiano & Polícia Esportes Variedades Opinião & Artigos Vida & Estilo MT


Idosos rezam pela vida enquanto aguardam atendimento de hospital; Veja fotos


Jéssica Moreira
Inserido em: 10/10/2019 14:20:16

WhatsApp-Image-2019-10-10-at-12.26.35.jpeg

Idosos que aguardam por cirurgia cardíaca no Hospital Geral em Cuiabá vivem uma verdadeira novela para a realização dos procedimentos.  Há relatos de pacientes aguardando há mais de dois meses internados sem resposta. O que resta é pedir ajuda divina, já que a equipe hospitalar sequer sabe o nome dos pacientes que aguardam por um procedimento ou internações.

A dona M. 68, de Confresa, já aguarda internada há um mês para um cirurgia cardíaca e segue sem previsão de quando será feito.  Ela revelou com exclusividade ao Cuiabano News, que no sistema da unidade, consta que ela passou pela mesma cirurgia em 7 de janeiro de 2019, fato que não ocorreu.

“Cheguei aqui com o encaminhamento do médico e quando fomos ver informaram que já tinha feito à cirurgia. A minha filha acionou a Defensoria Pública. Continuo aguardando a cirurgia. O médico sempre fala que está esperando a lista sai mais ela nunca sai, desabafou.

Um senhor de 59 anos, que preferiu não se identificar relatou que já está há dois meses no hospital e segue sem previsão de quando sua cirurgia será realizada.

Os pacientes denunciam que a Sonicardio instalada dentro da unidade hospitalar responsável pela realização da angioplastia e cateterismo está tratando eles com descaso e não fazem o procedimento necessário.

“É um verdadeiro descaso! Falam que o médico não encaminhou o pedido. O médico por sua vez diz que mandou mais perdeu o protocolo, enquanto isso os pacientes ficam jogados”, desabafou um interno.

O aposentado Divino Espirito Santo,66 anos,está internado há oito dias para uma angioplastia. Até o momento nada foi feito e também não há previsão.

A filha dele disse que o registro também não foi encontrado pela Sonicardio.

Outra denúncia encaminhada à reportagem é de que não havia bebedouro instalado no segundo andar, onde ficam internados os pacientes cardíacos, além de que é oferecido aos acompanhantes apenas almoço, excluindo-os das demais refeições.

O Cuiabano News esteve pessoalmente no Hospital Geral na manhã desta quinta-feira (10), porém como era horário de almoço os responsáveis pelo hospital e também pela Sonicardio não estavam.

Outro lado

A equipe de reportagem tentou contato com a assessoria de imprensa da unidade, porém nenhuma das ligações foram atendidas ou retornadas. O espaço para esclarecimentos permanece aberto.

Veja fotos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+A -A
scroll to top