Cuiabá - MT | Quarta-Feira, 04 de Agosto de 2021

Corinthians sofre virada, mas empata com Athletico e se mantém em 4º lugar

Corinthians sofre virada, mas empata com Athletico e se mantém em 4º lugar

Cobrança de falta em Corinthians x Athletico (Foto: Marcos Ribolli)

Corinthians e Athletico-PR ficaram no empate por 2 a 2 na noite desta quinta-feira, em Itaquera, em resultado que não muda muito a situação das equipes na tabela do Campeonato Brasileiro. O duelo marcou o estilo de posse de bola do Furacão, treinado por Tiago Nunes, contra a bola aérea e dificuldade de criação do Timão de Fábio Carille. No fim, tudo igual: Gil, de cabeça, abriu o placar, enquanto Léo Cittadini e Erick viraram para os paranaenses. Nos acréscimos do primeiro tempo, Boselli deu números finais à partida.

O resultado leva o Corinthians aos 43 pontos, ainda em quarto lugar na tabela e com três pontos de vantagem sobre o São Paulo, quinto colocado. O Athletico vai aos 35 pontos, ainda na nona posição.

Craque do Jogo

Thonny Anderson, atacante do Athletico, foi eleito o melhor da partida com os votos de Roger Flores e Cléber Machado – Thonny quase fez um golaço ao fazer fila na defesa do Corinthians e exigir grande defesa de Cássio. O comentarista Pedrinho votou no goleiro Léo, enquanto Caíque França (goleiro reserva do Corinthians, que nem jogou!) ganhou no voto dos internautas.

Central do Apito

O árbitro André Luiz de Freitas Castro teve ajuda do VAR para anular um pênalti marcado a favor do Athletico, no primeiro tempo, após disputa de Fagner com Rony. “Foi fora. O árbitro de vídeo tem que intervir nesse caso. Deve ser marcada a falta e mantido o cartão amarelo”, disse o comentarista Sandro Meira Ricci. Foi o que aconteceu.

Primeiro tempo

No duelo entre a posse de bola e a bola aérea, deu empate. O Athletico teve domínio das ações nos primeiros 45 minutos, com 62% da posse e oito finalizações. O Timão, porém, mostrou sua força pelo alto ao abrir o placar com Gil, após escanteio cobrado por Clayson, logo aos 15 minutos. Depois disso, porém, o Furacão de Tiago Nunes se impôs e continuou empurrando o rival para seu campo de defesa – antes de sofrer o gol, havia levado perigo em chute de Léo Cittadini. O mesmo Léo foi quem empatou após bela troca de passes, aos 23. Pouco depois, aos 31, um Athletico envolvente chegou ao segundo gol com Erick, aproveitando falha feia de Manoel dentro da área. O Timão, que já começava a sofrer com algumas vaias da torcida, empatou nos acréscimos em nova bola parada: Boselli aproveitou o bate-rebate e decretou o 2 a 2.

Gol do Corinthians! Boselli chuta dentro da área e marca, aos 47' do 1º tempo

Gol do Corinthians! Boselli chuta dentro da área e marca, aos 47′ do 1º tempo

Segundo tempo

O Corinthians equilibrou as ações e ficou mais tempo com a bola, mas sem conseguir transformar isso em objetividade. Fábio Carille não mudou muito a maneira de jogar ao sacar Ramiro e Boselli e lançar Renê Júnior e Gustagol. Do outro lado, o Athletico ficou mais postado e esperando o Timão, que teve a melhor chance de marcar o terceiro gol com Vagner Love, que exigiu grande defesa de Léo. Na sequência, com a defesa do Timão aberta, Thonny Anderson quase fez um golaço. Foram os únicos minutos de emoção no segundo tempo. No fim, o empate pareceu bom para os dois times.

Próximos jogos

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Às 16h (de Brasília), o Athletico recebe o líder Flamengo na Arena da Baixada. Às 18h, o Corinthians vai ao Morumbi enfrentar o rival São Paulo.

(Globo Esporte)