CUIABANO NEWS
Home Política Economia & Agro Cotidiano & Polícia Esportes Variedades Opinião & Artigos Vida & Estilo MT


Marido teve participação na morte de enfermeira



Inserido em: 09/10/2019 13:45:11

PrtScr-capture_36.jpg

As investigações da Polícia Civil apontam que a enfermeira Zuilda Correia Rodrigues, de 43 anos, foi morta por um policial militar e que teve a participação do marido, Ronaldo da Rosa.

De acordo com o delegado, Carlos Muniz, o casal estava passava por problemas conjugais e que a princípio a ideia do marido era dar um susto na enfermeira simulando um assalto, porém o plano deu erado e ela foi morta.

“Quem matou é um policial militar que está preso e o marido permanece foragido”, disse o delegado.

As investigações apontam que a enfermeira foi morta por espancamento e que foi o marido que sugeriu o local onde o corpo foi escondido.

Local onde o corpo teria sido localizado pela polícia. — Foto: Polícia Civil - MT

Ronaldo da Rosa teve a prisão decretada e é considerado foragido

A polícia só conseguiu localizar o corpo da vítima em avançado estado de decomposição, após o soldado da PM Marcos Vinicius Pereira Ricardo, confessar a participação no crime em depoimento. Ele está preso.

O soldado trabalhava no espetinho, que era do marido da enfermeira, e era conhecido dos dois.

Marcos estava afastado da corporação e respondia processo demissório e por isso estava trabalhando na entrega dos espetinhos. Ele entrou na corporação em 2015.

O caso 

O marido de Zuilda foi quem registrou um boletim de ocorrência, no dia 28, relatando o desaparecimento da mulher na noite anterior.

À polícia, ele disse que encontrou a caminhonete dela com manchas que poderiam ser de sangue, além de fios de cabelo, indicando sinais de violência.

Como ele está trabalhando com a venda de espetinhos, na região central da cidade, a deixou em casa por volta de 19h e voltou ao trabalho. Mais tarde, como a mulher não apareceu no espetinho, ele retornou na residência para verificar o que havia ocorrido.

 O corpo só foi encontrado 11 dias após o crime. O caso segue em investigação.

O corpo foi encontrado em um córrego da Estrada Ruth, no bairro Jardim Terra Rica, zona rural de Sinop (420 Km de Cuiabá), na manhã desta terça-feira (8).

Veja também 

Corpo de enfermeira desaparecida é encontrado em córrego

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+A -A
scroll to top