Cuiabá - MT | Domingo, 13 de Junho de 2021

Com total domínio, River larga na frente do Boca na semi da Libertadores

Com total domínio, River larga na frente do Boca na semi da Libertadores

O tão aguardo clássico que abriu a semifinal da Libertadores 2019 não teve o equilíbrio de outros tempos. Na noite desta terça-feira, no Monumental de Núñez, o River Plate foi muito superior ao Boca Juniors e abriu boa vantagem a caminho da decisão de Santiago. Borré e Ignacio Fernández, um em cada tempo, fizeram os gols da partida: 2 a 0 – e cabia mais.

O primeiro gol foi marcado logo no início da partida. Logo aos quatro minutos, pênalti em Borré. O árbitro brasileiro Raphael Claus consultou o VAR e assinalou a penalidade. O próprio atacante bateu no meio do gol e converteu.

O segundo saiu aos 24 minutos da etapa final. Nacho Fernández começou a jogada e serviu Matías Suárez. O atacante foi ao fundo e cruzou para o meio. Nacho antecipou os zagueiros e deslocou Andrada.

O clube de Nuñez teve as melhores chances da partida. Borré e De la Cruz, ainda no primeiro tempo, fizeram Andrada trabalhar e evitar que a derrota fosse pior. No segundo tempo, o lateral Montiel colocou uma bola na trave e Matías Suárez, em um chute colocado, obrigou o goleiro do Boca a praticar um milagre.

Já o Boca, com poucas chances, teve uma clara na primeira etapa. Ábila recebeu bom passe de Reynoso e deu linda bola para Capaldo. O volante ficou cara a cara com Armani e perdeu inacreditavelmente. Ox Xeneizes ainda tiveram o mesmo Capaldo expulso ao final da partida.

O confronto decisivo será na próxima terça-feira, às 21h30 na Bombonera. O River tem a vantagem do empate e pode perder por até um gol de diferença que se classifica à final. Se o Boca vencer por 2 a 0, a decisão irá para os pênaltis. (Fox Sports/Globo Esporte)