Cuiabá - MT | Sexta-Feira, 22 de Outubro de 2021

Cânceres hematológicos somam mais de 23 mil novos casos por ano no Brasil

Cânceres hematológicos somam mais de 23 mil novos casos por ano no Brasil

Campanha da rede de supermercado Casa Aurora, em parceria com Rotary Clube, é realizada desde 2018 no Estado

A estimativa no Brasil de novos casos de câncer relacionado ao sangue revela que, ao menos 23.510 pessoas, foram diagnosticadas com algum tipo dessa doença em 2018. A informação é do Instituto Nacional de Câncer (INCA), órgão auxiliar do Ministério da Saúde, que coordena ações de prevenção e controle do câncer no Brasil. A estatística ainda aponta que os homens são mais afetados que as mulheres, geralmente, levar mais de 50% dos pacientes a óbito.

O ramo da medicina que lida com as doenças relacionadas ao sangue é denominado de hematologia. É nessa especialidade que se estuda todos os componentes relacionado ao sangue e as doenças associadas a ele. A médica Paloma Borges, hematologista da Clínica Oncolog, afirma que a forma mais fácil de investigação é pelo exame de sangue tradicional.

“Por meio do hemograma que conseguimos investigar se existe alguma alteração no sangue daquela pessoa. A partir daí, levantamos as suspeitas de doenças como o câncer e seguimos para exames mais apurados. Existem alguns sintomas de câncer como febre, perda de peso, suor noturno, cansaço, anemia, sangramentos, hematomas, mas apenas pelo exame de sangue que conseguimos suspeitar da existência de alguma anormalidade, que posteriormente será confirmada com exames específicos”, declara.

Dentro dos tipos de câncer relacionados ao sangue, o INCA computa de forma geral, a leucemia, linfoma de Hodgkin e linfoma não Hodgkin. Além desses três tipos, podemos citar também o de medula óssea, conhecido como mieloma. O tratamento para os cânceres relacionados ao sangue depende do tipo e compreende a quimioterapia e radioterapia.

Paloma reforça que existem alguns fatores que contribuem para o surgimento de câncer hematológico. “A prevenção dos cânceres hematológicos é a mesmo que em outros tipos de câncer, como a prática de atividade física, hábitos saudáveis, além de evitar o contato com venenos, produtos químicos que possam causar alteração medular”, alerta.

Os diagnósticos dos cânceres hematológicos demandam cautela visto que são muitas categorias relacionadas as leucemias e linfomas. O tratamento é diverso e altera conforme a gravidade de cada caso.