Cuiabá - MT | Sábado, 23 de Outubro de 2021

Seduc realiza efetivo exercício de professores nomeados em concurso

Seduc realiza efetivo exercício de professores nomeados em concurso

Os professores nomeados por ato governamental em 22 de agosto entraram em efetivo exercício, nesta terça-feira (24.09). O ato ocorreu, ocorreu na Assessoria Pedagógica do município pelo qual foram nomeados, conforme Portaria conjunta 01/2019/Seduc/Seplag. A escolha da unidade escolar foi feita conforme a ordem de classificação.

Na Assessoria Pedagógica de Rondonópolis (município localizado a 212 quilômetros ao sul da Capital), foram 31 professores que escolheram as escolas com aulas livres. Desse total, 27 são pedagogos nomeados para a unidocência (atuam somente numa turma).

Segundo a assessora pedagógica Isabel Paulina Gonçalves, os novos efetivos chegaram no horário marcado e escolheram a lotação conforme a classificação. “O processo foi oficializado de forma rápida, pois todos trouxeram a documentação exigida. Os novos professores estavam atentos ao edital”, destaca.

Entre os novos efetivos está a pedagoga Cristiane Souza Oliveira que atua há cerca de 20 anos como professora, tanto na rede estadual como municipal de ensino. Como atuava como diretora de uma escola municipal de Rondonópolis, pediu exoneração do cargo para ser uma professora efetiva da rede estadual de ensino.

Para Cristiane, a ansiedade para esse momento de efetivo exercício foi tanta que não conseguiu dormir durante a noite. “Nossa, nem sei como explicar esse momento. Uma espera com final feliz. Sou de uma família de educadores. É um momento impar. Agora tenho só que comemorar”, festeja.

A pedagoga explica que os desafios agora são outros. Ela quer continuar seguindo os estudos tanto em pós-graduação como em formação.   Com especialização em educação infantil e ênfase em alfabetização, pretende fazer o curso de mestrado. Cristiane assumiu uma turma de 3º ano da Escola Estadual Stela Maris Valeriano da Silva.

Cuiabá

Em Cuiabá, três dos cinco professores procuraram a Assessoria Pedagógica e escolheram suas novas escolas. Os demais, deverão procurar a Assessoria no prazo legal. Conforme a portaria, fica facultado ao servidor entrar em efetivo exercício a qualquer momento, desde que não ultrapasse o limite de 30 dias para a posse.

“Desejamos um bom trabalho aos novos efetivos que hoje fazem parte da rede estadual de ensino”, comemora a assessora pedagógica Rosângela Roquetti.