Cuiabá - MT | Domingo, 13 de Junho de 2021

Com dois jogadores a mais, líder Flamengo vence o Inter e segue 100% no Maracanã

Com dois jogadores a mais, líder Flamengo vence o Inter e segue 100% no Maracanã

O Flamengo venceu o Internacional por 3 a 1, nesta quarta-feira, no Maracanã, manteve a vantagem na liderança e o 100% de aproveitamento como mandante. Gabigol, Arrascaeta e Bruno Henrique fizeram os gols do Rubro-Negro, e Edenilson descontou para o Colorado. O Inter teve a missão dificultada pelas expulsões de Bruno, que cometeu pênalti, e Guerrero, que reclamou com o árbitro após um choque de cabeça com Rodrigo Caio.

Panorama

Líder, o Fla chegou a 48 pontos no Campeonato Brasileiro. O Inter mantém provisioriamente o quarto lugar com 36 pontos. O Rubro-Negro enfrenta o São Paulo no próximo sábado, às 19h (de Brasília), no Maracanã. O Colorado, no domingo, às 16h, recebe o Palmeiras no Beira-Rio.

Teve gol do Gabigol. De novo

De pênalti, Gabigol iniciou a vitória do Flamengo no Maracanã. O atacante foi derrubado na área por Bruno, que levou o vermelho. Foi o 18º gol do artilheiro do Brasileiro, seu 32º no ano.

Guerrero em ataque de fúria

O centroavante colorado foi muito vaiado no Maracanã e mostrou destempero. Irritado com a dificuldade no duelo com Rodrigo Caio e com as decisões da arbitragem, o peruano reclamou e fez sinais para o juiz, que o expulsou.

O jogo

O triunfo rubro-negro começou a ser construído aos 14 minutos do primeiro tempo. Após invadir a área, Gabigol foi puxado pelo lateral colorado Bruno, último homem da defesa e o árbitro assinalou pênalti, expulsando o defensor na sequência. O camisa 9 assumiu a responsabilidade da cobrança e converteu, anotando o seu 18° gol em 17 jogos pelo Brasileirão, onde é o artilheiro isolado.

No ano passado, o camisa 9 rubro-negro anotou 18 gols pelo Santos ao longo de toda a disputa do Brasileirão, ou seja, o atacante poderá superar a sua marca neste ano pelo clube carioca.

No fim do primeiro tempo, o Internacional ainda teve um segundo expulso. Aos 43 minutos, Paolo Guerrero recebeu o cartão vermelho por reclamação com o árbitro. No lance anterior, o peruano se chocou com o zagueiro Rodrigo Caio e acabou cortando o seu supercílio, com muito sangue saindo da região. No intervalo, o meio-campista Edenílson criticou as duas expulsões. “Acho que não tem necessidade. O juiz administrou mal os lances. Não acho que era para expulsar o Bruno, muito menos o Guerrero pela reclamação. Ele poderia administrar melhor o lance”, disse o volante.

No início do segundo tempo, o Inter até chegou a empatar o confronto no Maracanã. Aos 3 minutos, Edenílson aproveitou bobeada de Willian Arão e Rodrigo Caio e arriscou de primeira, da entrada da área, sem chances para Diego Alves.

Porém, sete minutos depois, o Rubro-Negro voltou à frente no marcador com De Arrascaeta, que aproveitou bom cruzamento de Rafinha para marcar de cabeça. Aos 29 minutos, Bruno Henrique deu número finais ao triunfo, marcando após assistência do camisa 14 uruguaio.

Com o resultado, o Flamengo chegou a 48 pontos somados na tabela e fica provisoriamente seis pontos à frente do Palmeiras, que encara o CSA nesta quinta-feira (26), no Allianz Parque. Já o Internacional, segue com os mesmos 36 pontos, na quarta posição.

(Globo Esporte/Fox Sports)