Cuiabá - MT | Domingo, 16 de Maio de 2021

Fifa The Best: brasileiros Alisson, Marcelo e Marta entram na seleção da temporada

Fifa The Best: brasileiros Alisson, Marcelo e Marta entram na seleção da temporada

A Fifa anunciou nesta segunda-feira, durante cerimônia do prêmio The Best, a seleção ideal da FIFPro (Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol) da temporada passada. Dois brasileiros estão na equipe: o goleiro Alisson, do Liverpool, e o lateral-esquerdo Marcelo, do Real Madrid. No feminino, Marta também entrou na seleção.

Na defesa, além dos brasileiros, a equipe tem também De Ligt, que jogava pelo Ajax e agora está na Juventus, Sergio Ramos, do Real Madrid, além do zagueiro holandês Van Dijk, que foi campeão da última edição da Liga dos Campeões pelo Liverpool.

O meio de campo é formado por Modrid (Real Madrid), De Jong (trocou o Ajax pelo Barcelona) e Hazard (saiu do Chelsea para o Real Madrid). No ataque, Mbappé, do Paris Saint-Germain, Messi, do Barcelona, e Cristiano Ronaldo, atacante da Juventus, que está pelo 16º ano consecutivo na seleção da Fifa.

Marta é eleita para a seleção feminina da temporada

A craque Marta foi eleita para a seleção feminina da temporada, escolhida pelo FIFPro, o sindicato mundial dos jogadores. Ela foi a única brasileira no onze ideal divulgado nesta segunda-feira durante a cerimônia Fifa The Best, em Milão.

Com cinco representantes, entre elas Alex Morgan e Megan Rapinoe – que foi eleita a melhor jogadora do mundo -, os Estados Unidos dominaram a seleção. E não foi à toa: a equipe da Terra do Tio Sam conquistou a última Copa do Mundo Feminina.

A FIFPro convidou as melhores jogadoras do mundo para escolher um time com uma goleira, quatro defensores, três meias e três atacantes com base em seu desempenho durante a temporada 2018/2019. Mais de 3.500 futebolistas do sexo feminino em 40 países participaram da votação. Os jogadores com mais votos em sua posição foram selecionados para o onze ideal.

Pela primeira vez, o Women’s World 11 foi apresentado pela Fifa e FIFPro durante a tradicional cerimônia Fifa The Best. Confira abaixo a seleção:

GOLEIRA
Sari van Veendaal (Holanda, Arsenal / Atlético de Madrid)

DEFENSORAS
Lucy Bronze (Inglaterra, Lyon)
Nilla Fischer (Suécia, Wolfsburg / Linkopings)
Kelly O’Hara (EUA, Utah Royals)
Wendie Renard (França, Lyon)

MEIO-CAMPISTAS
Julie Ertz (EUA, Chicago Red Stars)
Amandine Henry (França, Lyon)
Rose Lavelle (EUA, Washington Spirit)

ATACANTES
Alex Morgan (EUA, Orlando Pride)
Megan Rapinoe (EUA, Reign FC)
Marta (Brasil, Orlando Pride)

Bicicleta de jovem atacante húngaro leva o prêmio Puskás de gol mais bonito

Um golaço de bicicleta de um jovem e desconhecido atacante húngaro de apenas 18 anos levou prêmio Puskás de gol mais bonito da última temporada. A pintura de Daniel Zsóri, do Debreceni, superou os golaços de Lionel Messi, do Barcelona, e Quintero, do River Plate, e levou a honraria durante a cerimônia Fifa The Best, em Milão.

O detalhe é que Lionel Messi, indicado ao prêmio Puskás em outras cinco oportunidades (2010, 2011, 2012, 2015 e 2016), ficou de mãos abanando mais uma vez.

O golaço de Daniel Zsóri foi marcado em fevereiro deste ano, na vitória de 2 a 1 do Debreceni sobre o Ferencvaros, em clássico do Campeonato Húngaro. Além da beleza, o gol foi anotado nos acréscimos do segundo tempo.

Neymar e Wendell Lira já levaram o Puskás

A votação do prêmio Puskás foi feita da seguinte maneira: dez candidatos iniciais foram escolhidos por um painel da Fifa e depois colocados para votação popular, encerrada no dia 1º de setembro. Os três finalistas dessa votação popular passaram por um crivo de Lendas da Fifa que definiram o vencedor.

O prêmio Puskás de gol mais bonito é distribuído desde 2009. Dois brasileiros já conquistaram: Neymar, em 2011, e Wendell Lira, em 2015. Confira abaixo todos os ganhadores.

(Globo Esporte)