Cuiabá - MT | Terca-Feira, 15 de Junho de 2021

Após jogo adiado, Governo de MT promete recuperar gramado da Arena em uma semana

Após jogo adiado, Governo de MT promete recuperar gramado da Arena em uma semana

Interditada pela CBF para jogos da Série B do Campeonato Brasileiro, por causa do estado ruim do gramado, a Arena Pantanal só deve receber jogos do Cuiabá a partir do dia 5 de outubro (sábado), quando a equipe recebe o Londrina-PR pela 26ª rodada da segundona. Após a notificação da CBF, o Governo do Estado que é responsável pela administração do estádio, informou que na próxima segunda-feira (30), fará a troca de parte de parte do gramado. Cinco dias depois, o estádio deverá estar em condições de receber jogos oficiais.

A assessoria de imprensa da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), informou na tarde desta segunda-feira (23) que a recuperação do gramado ficará restrita às partes danificadas, que estão localizadas dentro de uma pequena área e em alguns outros pontos do campo que foram afetados com a praga ‘tiririca’.

Segundo a FMF, o trabalho de extração da grama danificada e colocação de placas de novas gramas, compatíveis com as da Arena é trabalho de um dia apenas. Nesse caso, a grama ainda precisaria de ao menos cinco dias para se fixar, sob irrigação constante. Seria o tempo suficiente para o Cuiabá EC mandar seu jogo contra o Londrina, sem novo adiamento. A equipe vai deixar de jogar na noite desta terça-feira contra o Coritiba pela 25ª rodada por causa disso. O fato foi noticiado pela imprensa nacional e considerado uma ‘vergonha’ para o futebol mato-grossense.

A FMF ainda negou os boatos de que todo o gramado da arena teria que ser retirado para implantação de um novo tapete. Para a entidade, “seria algo desnecessário, já que apenas um trecho está afetado”, no entanto, admite que o tratamento da praga será estendido a todo o campo.

Direção do Cuiabá tranquila

A diretoria do Cuiabá se demonstrou tranquila com relação à decisão da CBF de suspender os jogos na Arena Pantanal até que o gramado esteja em condições de sediar jogos oficiais. “O gramado vai ser arrumado”, disse o vice-presidente do Cuiabá, Cristiano Dresch, para quem, não há motivo para pânico.

Em sua tabela de jogos, a CBF colocou as duas próximas partidas do Cuiabá como mandante com o local ‘a definir’. A Diretoria de Competições informou que indicará outro local para a realização dos confrontos do Dourado contra o Londrina e Vitória que estão previstos para os dias 5 e 11 de outubro se o campo não estiver recuperado a tempo.

Resposta do Governo

Em nota oficial enviada pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), o Estado afirma que a CBF tem sido seletiva, pois permite que estádios, que estão com mais problemas estruturais do que a Arena Pantanal, recebam jogos. Segundo a Secel, as imagens mostram que o campo está em boas condições de uso, apesar do longo período sem chuva.

A Secel lamentou, mas acatou a decisão da CBF, informando que já está tomando as providências para fazer a troca parcial do gramado na região afetada o mais breve possível. A previsão é de que o serviço seja concluído até o dia 5 de outubro.

VEJA A NOTA DIVULGADA PELA SECEL

A Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer informa que a Arena Pantanal está liberada para jogos e lamenta a decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em suspender a partida entre Cuiabá x Coritiba, marcada para terça (24.09), pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Por não haver outras alternativas na capital, a Arena Pantanal tem recebido uma intensa sequência de jogos que dificultam a recuperação completa do gramado. 

Todavia, serviços de recuperação são constantemente executados para a redução desses danos e hoje apenas uma pequena parte do gramado (7%) próxima ao gol do setor norte está afetada, situação parecida, e por vezes até mais satisfatória, com as vistas em alguns estádios do país que recebem partidas dos campeonatos brasileiros, inclusive da série A. E mesmo com o longo período sem chuvas, as medidas garantiram que o gramado da Arena Pantanal apresentasse boas condições de uso, conforme foto produzida nesta segunda-feira (23.09). 

A Secel lamenta mas acata a decisão da CBF e informa que  já tomou as providências para fazer a troca parcial do gramado na região afetada o mais breve possível.  Para isso, entrou em contato com a mais reconhecida empresa do país na prestação desse tipo de serviço. Apesar da dificuldade de logística, já que a grama e os equipamentos de instalação e preparação do solo serem provenientes de outros Estados, a previsão é de que o serviço seja concluído até o dia 05 de outubro.

 É a primeira vez que um time da capital se classifica para a séria B do campeonato brasileiro e sabedora da relevância da Arena Pantanal como único espaço em Cuiabá para o atendimento do regulamento da CBF, a Secel reitera seu compromisso em dar condições para assegurar a programação acordada.