Cuiabá - MT | Sexta-Feira, 22 de Outubro de 2021

Justiça nega pedido de Giovani em voltar a morar na casa de Arcanjo

Justiça nega pedido de Giovani em voltar a morar na casa de Arcanjo

Foto: Chico Ferreira

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso negou o recurso do genro de Arcanjo,Giovani Zem, em que ele queria voltar a morar na casa do sogro.

Zem está cumprindo medidas cautelares desde o início de agosto, quando a prisão preventiva foi revogada. Ele foi detido na Operação Mantus, acusado de administrar a empresa Colibri de jogo do bicho, fundada por Arcanjo.

A ação policial investiga os jogos de azar e lavagem de dinheiro, em Mato Grosso. Além de ameaça de membros da Colibri a funcionários da empresa rival Ello FMC.

Entre as medidas restritivas impostas ao investigado estão o recolhimento noturno, uso de tornozeleira eletrônica e proibição de manter contato com demais investigados e testemunhas da ação.

A Operação 

A Operação Mantus foi deflagrada no dia 29 de maio passado pela Gerência de Combate ao Crime Organizado e Delegacia Fazendária para investigar a prática de contravenção do jogo do bicho e lavagem de dinheiro.