Cuiabá - MT | Quinta-Feira, 21 de Outubro de 2021

Beira-Rio tem princípio de incêndio e confusão após vice do Inter na Copa do Brasil

Beira-Rio tem princípio de incêndio e confusão após vice do Inter na Copa do Brasil

Uma confusão tomou parte do pátio do Beira-Rio após o vice do Inter para o Athletico, com derrota por 2 a 1 no duelo da volta da final, na noite desta nesta quarta-feira. Houve incêndio na fachada do estádio e tumulto no lado de fora, com confronto entre torcedores e a Brigada Militar.

Minutos após o gol de Rony, a parte do estádio acima do Portão 7 pegou fogo, devido ao arremesso de um artefato inflamável. A Brigada Militar interveio para isolar o local. Após algumas investidas de alguns torcedores, bombas de efeito moral foram utilizadas para dissipar a confusão.

Mas o tumulto seguiu em frente ao local e se expandiu à Avenida Padre Cacique. O Pelotão de Choque da polícia teve de proteger um posto de combustíveis em frente ao estádio para evitar atos de vandalismo e saques. A reportagem do GloboEsporte.com flagrou pelo menos um torcedor ferido e um detido pela polícia durante o tumulto.

Em campo, o Inter não conseguiu reverter a derrota por 1 a 0 no jogo de ida, em Curitiba. Léo Cittadini abriu o placar para os visitantes e Nico López igualou ainda no primeiro tempo. Nos acréscimos, Rony marcou o gol do 2 a 1 e decretou o vice do Inter na competição.

Torcedor ferido do lado de fora do Beira-Rio após derrota do Inter — Foto: Tomás Hammes

Torcedor ferido do lado de fora do Beira-Rio após derrota do Inter — Foto: Tomás Hammes

(Globo Esporte)