Cuiabá - MT | Sexta-Feira, 07 de Maio de 2021

Suspeito de matar namorada e mandar mensagem confessando crime é preso em Mato Grosso

Suspeito de matar namorada e mandar mensagem confessando crime é preso em Mato Grosso

Valdir Gomes de Lima, de 48 anos, se apresentou à Delegacia Especializada Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, e foi preso. Ele é suspeito de matar a namorada dele, a empresária Maria Lúcia Lustosa Sabino, de 54 anos, no sábado (14).

Leia também:

-Mulher é assassinada em apartamento e principal suspeito é o namorado

-Em mensagem de WhatsApp, homem confessa ter estrangulado a namorada

De acordo com a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), a vítima foi morta por asfixia, dentro do apartamento dela, no Bairro Jardim Imperador.

O corpo da empresária foi encontrado por um sobrinho dela, que estranhou o desaparecimento da tia e foi até o apartamento. Ele teve que arrombar a porta para entrar no local.

 Maria Lúcia Lustosa Sabino, de 54 anos, teria sido morta asfixiada — Foto: Divulgação

Maria Lúcia Lustosa Sabino, de 54 anos, teria sido morta asfixiada — Foto: Divulgação

Desde o início, as investigações apontaram que o principal suspeito do crime era o companheiro de Maria Lúcia. Ele teria deixado o apartamento dela por volta das 3h de sábado.

No decorrer das investigações, os policiais receber a informação de que Valdir teria enviado mensagens por aplicativo de celular a uma testemunha. Nas mensagens, ele confessaria ter cometido o crime.

Mensagem teria sido enviada a testemunha — Foto: TVCA/Reprodução

Mensagem teria sido enviada a testemunha — Foto: TVCA/Reprodução

Ao se apresentar na delegacia, Valdir já estava com a ordem de prisão decretada pela Justiça. Em depoimento, ele confessou ter matado Maria Lúcia

“Ele alegou que a vítima começou a xingá-lo, ocasião em que ele perdeu a cabeça e a enforcou”, disse a delegada Eliane Moraes, que acompanha o caso.