Cuiabá - MT | Quinta-Feira, 21 de Outubro de 2021

Bragantino arranca empate no último lance e frustra Dragão no duelo de líderes da Série B

Bragantino arranca empate no último lance e frustra Dragão no duelo de líderes da Série B

Atlético-GO e Bragantino empataram por 1 a 1 no duelo de líderes da Série B. O Dragão dominou o primeiro tempo e abriu o placar com Reginaldo, mas o Massa Bruta cresceu na etapa final e deixou tudo igual nos acréscimos; Roberson marcou no último lance da partida válida pela 22ª rodada. Frustração para os donos da casa e empate com sabor de vitória para os visitantes no estádio Antônio Accioly.

Panorama

Vice-líder, o Atlético-GO chega a 38 pontos, mas continua a quatro do Bragantino, isolado na ponta com 42. Na próxima rodada, o Dragão visita o Criciúma, sexta-feira (20), às 19h15, no estádio Heriberto Hülse. O Massa Bruta recebe o Londrina no Nabi Abi Chedid, sábado, às 16h30.

Primeiro tempo

Embora o Bragantino tenha levado perigo com Matheus Peixoto, Morato e Aderlan, o Atlético-GO dominou a etapa inicial e foi para o intervalo vencendo por 1 a 0, mas poderia até ter sido por mais. O Dragão abriu o placar aos 20 minutos com Reginaldo e depois ainda assustou em finalizações de Mike e Pedro Raul, que chegou a cabecear uma bola na trave. Com uma marcação alta, o time da casa não deu conforto ao líder da Série B e teve muito mérito no resultado parcial.

Etapa final

O volume de jogo do Atlético-GO caiu após o intervalo, mas não o suficiente para correr grande risco. O Bragantino melhorou e passou a incomodar, só que sem criar chances claras de gol. As melhores oportunidades foram com Pio e Robinho. Em contra-ataques, o Dragão assustou em duas finalizações de André Castro. A vitória rubro-negra parecia certa, mas aí veio o balde de água fria. Após cruzamento da direita, Roberson se esticou todo e empatou a partida no último lance, aos 48 minutos! Festa dos atletas, que lutaram muito para igualar.

Oeste atropela o Operário-PR e se afasta do Z-4

O Oeste venceu o Operário-PR por 3 a 0 na noite desta sexta-feira, pela 23ª rodada da Série B. O time paulista foi fatal em suas chances, soube se defender e respirou na luta contra o rebaixamento, enquanto o Fantasma desperdiçou a chance de entrar no G-4.

PRIMEIRO TEMPO

O Operário-PR iniciou a partida à vontade e com mais posse de bola em seu campo ofensivo, mas só apareceu uma vez com Schumacher, que se antecipou à zaga e tocou para fora. O Oeste tinha dificuldades de infiltração e apenas rodava a bola sem objetivo na defesa. Em um cruzamento da direita, contudo, saiu o gol. Thiaguinho disputou bola aérea com Marcelo, ganhou e pegou a sobra para soltar uma bomba. À frente do placar, o time paulista passou a se posicionar defensivamente e tentar explorar o contra-ataque, que não conseguiu encaixar. O Fantasma, por outro lado, sofria para construir jogadas e também não assustava. Felipe Augusto e Maílson tentaram chutes, mas sem pontaria.

SEGUNDO TEMPO

O Operário-PR tomou a iniciativa no começo e Felipe Augusto, em chute colocado, obrigou Luis Carlos a fazer boa defesa. E ficou por aí. Em nova bola aérea, dessa vez de falta da direita, Cleber Reis cabeceou, Rodrigo Viana rebateu e Caetano completou na pequena área para ampliar. Dois minutos depois, a zaga alvinegra falhou e o Oeste fez mais um. Mazinho acionou Thiaguinho, que driblou dois e tocou na saída do goleiro.

COMO FICA?

Com o resultado, o Oeste sai de perto do Z-4 e é o 13º colocado, com 26 pontos, enquanto o Operário-PR está na sexta posição, com 32 pontos.

Após quatro rodadas, Botafogo-SP vence São Bento e se reaproxima do G-4

Em um jogo truncado e de muitos riscos, o Botafogo-SP venceu o São Bento por 1 a 0 e voltou a triunfar na competição após quatro rodadas. A partida desta sexta-feira à noite, em Ribeirão Preto, marcou também o fim de um jejum de outros quatro jogos para o ataque do Pantera. O zagueiro Didi, que entrou no lugar do suspenso Leandro Amaro, fez de cabeça o único gol da partida.

Como fica?

Botafogo-SP comemora gol de Didi no Santa Cruz

Botafogo-SP comemora gol de Didi no Santa Cruz (Foto: Raul Ramos/Botafogo SA)

O Pantera assume, temporariamente, a sexta colocação na tabela de classificação com 32 pontos, a dois do Coritiba, o primeiro time no G-4. Já o São bento continua agonizando na vice-lanterna da competição e pode cair para a lanterna caso o Guarani vença o Vitória, neste sábado, na Fonte Nova.

Próximos jogos

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira. O Botafogo vai até Goiás enfrentar o Vila Nova, às 19h15. Já o São Bento recebe o Vitória no Walter Ribeiro, às 21h30 no “jogo dos desesperados”  (Globo Esporte)