Cuiabá - MT | Sábado, 16 de Outubro de 2021

Frutas engordam?????

Frutas engordam?????

A frutose é um açúcar simples, presente nas frutas, no mel e em alguns vegetais, sendo mais consumida como açúcar de mesa (glicose+frutose) ou como componente do xarope de milho rico em frutose.

Leia também:
-Ciclo circadiano
-É melhor usar suplementos alimentares ou consumir os alimentos?
-O que funciona? Jejum – cortar calorias – Lou Carb – Paleolítica
-Aumentar o consumo de gordura ( higt fat) é uma boa estratégia para emagrecer ???  

-O poder da mastigação

-Praticantes de atividade física X Alimentação

Apesar de poucos alimentos serem fontes deste carboidrato, seu consumo tem aumentado muito (500% nas décadas de 70 e 90), pois a indústria de alimentos tem adicionado a frutose em diversos produtos, como um artifício para melhorar o poder edulcorante, manter a umidade de produtos da panificação/pastelaria, o desenvolvimento de cor e aroma, etc.

Exemplos de produtos industrializados contendo frutose: refrigerantes, fruta enlatada, geleias, compotas e laticínios.

Quando ingerida, a frutose é transportada para as células do intestino  , cai na circulação e  é levada para o fígado . No fígado, pode ser usada como fonte de energia ou ser utilizada para a síntese dos ácidos graxos (gordura) . Ou seja, da frutose pode-se ter a produção de gordura. Diferente da glicose, a frutose não necessita da insulina e, portanto não tem regulador podendo  “livremente”  formar gordura.

Em condições de ingestão excessiva, esta via pode assumir papel importante no desenvolvimento da esteatose hepática ou seja fígado gorduroso   e dislipidemia ou seja aumento de colesterol total, colesterol ruim e triglicerídeos.

A ingestão excessiva de frutose faz com que o fígado trabalhe mais . Pode ocorrer também um aumento  dos triglicérides  do tecido adiposo subcutâneo.

Por isto, pode levar ao aumento da obesidade visceral ou seja aquela gordura na barriga por exemplo.

Resumindo: a frutose pode aumentar a quantidade de triacilglicerois formados e, isto associado como uma dieta desequilibrada do ponto de vista energético, inatividade física levam a um quadro de aumento de peso. Para quem consome produtos industrializados ricos em frutose tenham cuidado e, para quem ingere mais carboidratos do que necessita, seja ele glicose, frutose ou os 2 juntos, tomem muito cuidado também.

Não há evidências científicas de que o consumo moderado da frutose ou da frutose da fruta seja inseguro. Pelo contrário, as frutas são importantíssimas pela presença de vitaminas, minerais e fibras que ajudam a manter o corpo saudável. Além do mais a absorção da frutose isolada é diferente da associada com a glicose e aminoácidos, ou seja, você poderá combinar as frutas com yogurte ou fruta e castanha ou fruta e linhaça ,etc. Ou comer a fruta após o almoço e jantar.

*WÂNIA MONTEIRO ARRUDA   é doutora e nutricionista em Cuiabá. 
CONTATO: wanianutricionista@gmail.com  —  —  —  www.facebook.com/waniamonteiroa
Quando ingerida, a frutose é transportada para as células do intestino, cai na circulação e  é levada para o fígado.