Cuiabá - MT | Segunda-Feira, 02 de Agosto de 2021

Atlético-GO vence o Coritiba e assume a vice-liderança da Série B

Atlético-GO vence o Coritiba e assume a vice-liderança da Série B

Com gols de Moacir e Rodrigo Rodrigues, o Atlético-GO venceu importante confronto fora de casa contra o Coritiba na manhã deste domingo e assumiu a vice-liderança da Série B. O Dragão fez ótimo primeiro tempo no Couto Pereira e conseguiu ir para o intervalo em vantagem. Na etapa final, quando era pressionado, o time goiano conseguiu fazer o segundo gol e ampliar o marcador. Rafinha ainda descontou para o Coritiba, mas não deu tempo para buscar o empate.

Como fica?

Com o resultado, o Atlético-GO, que tinha a mesma pontuação do Coritiba, se isola na vice-liderança após a 21ª rodada com 37 pontos. O próximo adversário será justamente o líder Bragantino, sexta-feira, em Goiânia. Já o Coritiba, com 34 pontos, cai para a quarta posição. O Coxa visitará o rival Londrina no próximo sábado.

Primeiro tempo

O Atlético-GO ignorou a atmosfera favorável ao Coritiba em sua casa e foi logo pressionando. Aos dois minutos, Nicolas cruzou com muito perigo, e a bola passou em frente ao gol de Alex Muralha. No minuto seguinte, o Dragão balançou as redes. Jorginho tocou para Moacir, que finalizou da entrada da área. A bola desviou em Sabino e entrou: 1 a 0 Atlético-GO. Mesmo em vantagem, o Dragão continuou tocando bem a bola e quase ampliou. Aos 15 minutos, o zagueiro Gilvan soltou uma bomba e acertou o travessão. O Coxa só reagiu na parte final do primeiro tempo, sobretudo após a pausa técnica. A melhor chance foi com Rodrigão. Aos 47 minutos, ele saiu na cara do gol, mas esbarrou em boa defesa de Kozlinski.

Segundo tempo

No segundo tempo o técnico Umberto Louzer promoveu a entrada de Patrick Brey, que quase empatou o jogo em seu primeiro toque na bola. Logo no minuto inicial, o meia apareceu na entrada da área e finalizou para mais uma grande defesa do goleiro Kozlisnki. Com mais posse de bola, o Coxa pressionou o adversário, porém, com dificuldades para superar a marcação atleticana. O banho de água fria aconteceu aos 28 minutos, logo antes da parada técnica. Reginaldo cruzou, e Jorginho cabeceou para boa defesa de Muralha. No rebote, Rodrigo Rodrigues, que tinha acabado de entrar, só empurrou para o fundo das redes: 2 a 0 Atlético-GO. Aos 35, após passe de Rodrigão para Nathan, a bola sobrou para Rafinha, que descontou: 2 a 1.

Lance polêmico

O lance polêmico do jogo foi aos 18 minutos do segundo tempo. William Matheus dividiu com Reginaldo na área e caiu pedindo pênalti. O juiz mandou o lance seguir. Porém, na Central do Apito, Sálvio Spinola afirmou que a penalidade deveria ter sido marcada.

(Globo Esporte)