Cuiabá - MT | Sábado, 16 de Outubro de 2021

Ceará busca empate contra o Corinthians com golaço olímpico

Ceará busca empate contra o Corinthians com golaço olímpico

Corinthians x Ceará (Foto: Marcos Ribolli/Globoesporte.com)

Uma pintura de Leandro Carvalho, um gol olímpico no finzinho do jogo, tirou do Corinthians a vitória contra o Ceará na manhã deste sábado, em Itaquera. João Lucas, contra, e Vagner Love abriram o placar para o Corinthians no primeiro tempo, mas Thiago Galhardo e Leandro Carvalho buscaram a igualdade. O segundo gol foi uma obra-prima: olímpico, de três dedos, surpreendendo Cássio.

Como fica

O Corinthians, com o empate, chega a 32 pontos. São quatro a menos que Flamengo e Santos, os líderes. O Rubro-Negro, ainda neste sábado, às 17h, enfrenta o Avaí em Brasília-DF. Já o Peixe, no domingo, às 16h, recebe o Athletico-PR. O Ceará, com o empate, vai a 21 pontos, em 12º.

Próximos jogos

O Ceará volta a campo no próximo sábado, às 21h, no Castelão, contra o Botafogo. O Corinthians joga um dia depois. Às 16h, enfrenta o Fluminense no Mané Garrincha, em Brasília-DF.

O primeiro tempo

O Ceará conseguiu fazer frente ao Corinthians no começo do primeiro tempo. A primeira boa chance do time da casa levou 13 minutos para acontecer – Jadson concluiu com perigo. E Wescley quase colocou os visitantes na frente pouco depois. Mas os planos cearenses foram atrapalhados por dois lances: um gol contra de João Lucas, após cruzamento de Mateus Vital, e um gol de Felippe Cardoso bem anulado pela arbitragem. O Corinthians não perdoou: fez 2 a 0 na sequência, com Vagner Love, e levou ampla vantagem ao intervalo.

Corinthians x Ceará, Vagner Love

Corinthians x Ceará, Vagner Love (Foto: Marcos Ribolli)

O segundo tempo

O Corinthians perdeu concentração no segundo tempo, jogou muito pouco e permitiu que o Ceará, com boa atuação, reagisse. Thiago Galhardo já poderia ter descontado aos nove minutos, mas Cássio fez boa defesa. Aos 13, porém, não teve jeito. Galhardo recebeu lindo lançamento de Ricardinho e recolocou o Ceará no jogo com finalização certeira. O Vozão seguiu em cima, tentando o empate, e ameaçou a defesa corintiana outras vezes. Acabou premiado com uma pintura de Leandro Carvalho, um escanteio batido de três dedos, surpreendendo Cássio. Golaço.

A terceira camisa

O jogo marcou a estreia da terceira camisa do Corinthians, lançada um dia antes – e que presta homenagem às invasões da torcida corintiana. Antes da partida, torcedores procuraram as lojas da Arena para comprar a nova peça. Jogadores e comissão técnica foram a campo com um casaco que segue o mesmo estilo da camiseta.

Terceira camisa do Corinthians

Terceira camisa do Corinthians (Foto: Divulgação/Corinthians)

A infelicidade I

O Ceará poderia ter saído com um resultado ainda melhor se tivesse um pouco mais de sorte. A começar pelo gol contra de João Lucas. O jogo ainda estava 0 a 0 quando Mateus Vital cruzou na área, e o defensor, sozinho, cabeceou forte, preciso, indefensável… contra o próprio gol.

A infelicidade II

E depois teve o gol anulado. Seria a reação imediata do Ceará, mas Felippe Cardoso ficou em posição de impedimento quando a bola foi desviada no meio do caminho. O lance foi bem anulado pelo árbitro de vídeo.

Ninguém quer?

Um lance curioso no segundo tempo. Quando Danilo Avelar deixou o campo, lesionado, teve que dar a braçadeira para outros jogadores. O problema é que eles não conseguiam decidir com quem. Manoel disse que não era com ele, Cássio também, e Gabriel acabou colocando a faixa no braço, recebendo aplausos da torcida, que já começava a chiar com a indefinição.

Vermelho por amarelo

Tiago Alves, zagueiro do Ceará, foi expulso aos 40 do segundo tempo, por falta em Gustagol. Mas a arbitragem mudou de ideia ao rever o lance no monitor. O vermelho virou amarelo, e o jogador voltou a campo para os minutos finais da partida. (Globo Esporte)