Cuiabá - MT | Domingo, 13 de Junho de 2021

Pela primeira vez em Cuiabá, Museu do Videogame chega ao Goiabeiras em outubro

Pela primeira vez em Cuiabá, Museu do Videogame chega ao Goiabeiras em outubro

Para unir história, tecnologia e interação, o Museu do Videogame Itinerante chega a Cuiabá em outubro, no Goiabeiras Shopping, com mais de 300 consoles, palco Just Dance, além de simuladores de corrida, torneios de jogos antigos e atuais, controles gigantes e as áreas PlayStation VR, Nintendo Switch e XBOX ONE X. O museu resgata 47 anos de história dos videogames e envolve diferentes gerações com apenas uma tela e controles. Poderá ser visitado gratuitamente de 05 a 20 de outubro.

 

Bem diferente de uma exposição tradicional, este é um evento de entretenimento digital para toda a família. Um dos momentos mais aguardados será o concurso de Cosplay, atividade em que as pessoas se vestem com seus personagens favoritos e dançam sozinhos ou em grupos, no Palco Just Dance. Aqui, o jogador é desafiado a imitar os mesmos movimentos de dançarinos profissionais virtuais e alcançar a melhor pontuação no ranking do evento. Os mais bem colocados poderão, inclusive, participar do concurso Just Dance, da Ubisoft, e faturar brindes e prêmios.

 

Todos os equipamentos trazem uma breve história da sua criação, ano de fabricação, detalhes técnicos e telas de jogos. Os visitantes também vão poder jogar os maiores clássicos como o Telejogo Philco-Ford, Atari 2600 , Odyssey, Nintendinho 8 bits, Master System, Mega Drive, Sega CD, Super Nintendo, Neo Geo, Panasonic 3DO, Turbografx, Nintendo 64, Game Cube, Sega Dreamcast, Xbox, Playstation 1, PlayStation 2, entre outros.

 

Entre as relíquias estão o primeiro console fabricado no mundo, o Magnavox Odyssey, de 1972; o Atari Pong (primeiro console doméstico da Atari), de 1976; Fairchild Channel F, de 1976 (primeiro console a usar cartuchos de jogos); o Telejogo Philco Ford, de 1977 (o primeiro videogamefabricado no Brasil); o Nintendo Virtual Boy, de 1995 (primeiro a rodar jogos 3D); o Vectrex, de 1982 (console com jogos vetoriais que já vinha com monitor); o Microvision (primeiro portátil a usar cartucho), de 1979 e o R.O.B (robozinho lançado juntamente com o Nintendo 8 bits, em 1985).

 

O Museu do Videogame Itinerante recebe cerca de 5 milhões de visitantes ao ano. É o primeiro do gênero do país registrado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Ganhou, em 2014, o prêmio do Ministério da Cultura como o museu mais criativo do país. Em 2016, foi um dos museus brasileiros escolhidos para representar o país no maior encontro de museus do mundo, em Paris. Este ano, o evento também fez parte da London Games Festival, maior evento de games da Inglaterra. O evento vai passar por 12 cidades este ano no Brasil, incluindo Londres.

 

Para mais informações sobre o Museu do Videogame, acesse: www.facebook.com/museudovideogameitinerante ou www.museudovideogame.org.br