Cuiabá - MT | Domingo, 16 de Maio de 2021

Criciúma martela até o fim, mas Ponte segura e leva empate para Campinas

Criciúma martela até o fim, mas Ponte segura e leva empate para Campinas

Criciúma e Ponte fazem primeiro tempo fraco (Foto: Fernando Ribeiro/Futura Press)

Criciúma e Ponte Preta empataram sem gols nesta terça-feira, no Heriberto Hülse, em Criciúma, no primeiro dia de jogos da 21ª rodada da Série B. O resultado é ruim para a aspiração dos dois times na tabela, mas sem dúvida tem gosto mais amargo para o Tigre, que criou sete chances perigosas e não conseguiu balançar as redes pontepretanas. Pelo que (não) mostrou em campo, a Macaca volta para casa com ponto valioso.

E na tabela?

Mudou pouco a situação dos clubes no campeonato. Agora com 23 pontos, o Criciúma foi ultrapassado pelo Vitória e caiu para o 15º lugar – corre risco de ser o 16º, caso o Figueirense vença o São Bento na sexta-feira, em Sorocaba. A Ponte salta do sétimo para o sexto lugar, agora com 31 pontos, mas com risco de ser ultrapassada por CRB, Operário-PR, Paraná e Botafogo-SP. A chance de dormir no G-4 não foi aproveitada.

Reserva imediato

Ygor Vinhas mostrou que o torcedor pontepretano não precisa se preocupar com a ausência de Ivan, convocado para defender a Seleção Brasileira. O goleiro reserva fez três grandes defesas, todas no segundo tempo, e ajudou a Macaca a sair com um ponto do Heriberto Hülse.

Primeiro tempo

Não há muito o que comentar sobre os 45 minutos iniciais. Criciúma e Ponte Preta fizeram um duelo bem pobre tecnicamente, cheio de erros de tomada de decisão e construção de jogadas. Os poucos chutes a gol foram para fora, sem trabalho algum para os goleiros.

Segundo tempo

A etapa final foi bem diferente. Em 16 minutos, o Criciúma, com uma postura bem diferente, foi para cima da Ponte e criou seis oportunidades de abrir o placar. Só não conseguiu por causa de erros de seus finalizadores ou pelas defesas de Ygor Vinhas. Errando mais do que o normal na defesa, a Ponte segurou a pressão e passou a melhorar a partir do 20º minuto, mas terminou o jogo sem um chute certo. Sandro, de cabeça, ainda perdeu outra chance para o Tigre a seis minutos do fim.

Brasil de Pelotas vence com gol no início e aumenta a crise no Londrina

Com gol no início, o Brasil de Pelotas venceu o Londrina, por 1 a 0, no estádio Bento Freitas, pela 21ª rodada da Série B do Brasileiro. Em jogo de poucas chances claras, Ednei, aos sete minutos, garantiu a vitória do Xavante. O resultado mantém a recuperação dos gaúchos, com três vitórias nos últimos cinco jogos. Por outro lado, o Tubarão perde a quinta seguida e acumula oito partidas sem ganhar na Série B.

Brasil de Pelotas x Londrina

Brasil de Pelotas x Londrina (Foto: Carlos Insaurriaga / GEB)

Vitória decide no primeiro tempo e vence confronto direto contra o Vila Nova

O Vitória foi eficiente no ataque, no primeiro tempo, e na defesa, no segundo, para bater o Vila Nova por 2 a 0 e levar a melhor no confronto direto contra o rebaixamento. Com dois gols de Wesley na etapa inicial e uma retranca após o intervalo, o Leão saiu com os três pontos no estádio Olímpico em duelo válido pela 21ª rodada da Série B.

Panorama

Com o triunfo em Goiânia, o Vitória chega a 24 pontos e vai pulando para a 14ª posição. O Vila estaciona nos 21 e é 17º colocado, mas ainda pode ser ultrapassado no complemento da rodada. Os clubes voltam a campo apenas na próxima semana. Na quinta-feira (12), o Tigre visita a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, em Campinas. No sábado (14), o Leão recebe o Guarani no Barradão, em Salvador.

(Globo Esporte)